Cidades

COMBATE AO CANCR

Novembro Azul chega ao fim com balano positivo

01/12/2014 09h55 - Atualizado em 01/12/2014 17h24
Novembro Azul chega ao fim com balano positivo
Divulgao

No sábado, 29 de novembro, pela manhã foi realizada uma palestra na unidade básica de saúde (UBS) Maria Clara Brasil de Carvalho, localizada no Setor Portelinha, marcando o fim da campanha Novembro Azul, que buscou conscientizar os homens quanto a importância da prevenção no combate ao câncer de próstata. Cerca de 15 homens que moram nas proximidades daquela UBS acompanharam a palestra.

De acordo com a enfermeira chefe da UBS, Rosa Matilde Mendes Dias, o evento foi muito positivo, pois conseguiu atingir muitos homens que ainda têm um tabu quanto ao câncer de próstata. “Há uma resistência no começo, ainda existe um tabu, mas quando mencionamos que é possível fazer o exame através do sangue, já há uma disposição melhor, então hoje em dia o assunto não é mais tão complicado”, explica Rosa.

A subsecretária de saúde, Nilza Borges Coelho, endossou a opinião de Rosa, e afirmou que têm crescido o número de homens que se dispõe a realizar o exame. “Homens acima de 40 anos devem procurar atendimento, para realizar o exame se possuir fatores de risco, e acima dos 50 anos o exame deve ser realizado todos os anos. Muitos ainda evitam, por pensar que só é possível através do toque retal, mas hoje temos também o exame de sangue, de modo que tem crescido a procura por atendimento. Nós estimamos que durante o Novembro Azul pelo menos 70% dos homens dentro da faixa etária recomendada procuraram por orientação”, diz Nilza.

Para o senhor Manoel Pereira Rocha – o popular Manoel DJ – é muito importante que todos os homens se conscientizem quanto ao perigo do câncer de próstata e procurem por auxílio médico. “O câncer de próstata é uma doença grave, que pode até mesmo levar ao óbito, então é importante procurar ajuda, pois não é como as pessoas pensam, que precisa fazer o toque – existem várias maneiras de se realizar o exame”, contou ele.

Dia do Homem

A subsecretária Nilza também anunciou que, a partir de fevereiro, as UBSs do município passarão a ter o “Dia do Homem”, no intuito de incentivar ainda mais os homens a cuidarem da saúde. “Será um horário especial, implementado em todas as unidades básicas de saúde, destinado exclusivamente ao atendimento do homem, que muitas vezes se sente intimidado nos horários normais, devido à presença das mulheres. Ainda estamos estudando como será feito – uma vez que a maioria trabalha durante o dia, pode ser que criemos um horário especial à noite – mas a partir de fevereiro o ‘Dia do Homem’ deve ser colocado em prática”, anunciou ela. (Da Assessoria)

Leia por Assunto: Pedro Afonso Setor Portelinha