quarta, 07 de dezembro de 2016
21º Min 34º Max
Pedro Afonso - TO

Educação e Cultura

RECLAMAÇÃO

Crianças ficam sem transporte escolar em Fortaleza do Tabocão

24/09/2015 13h55 - Atualizado em 25/09/2015 17h37
Crianças ficam sem transporte escolar em Fortaleza do Tabocão Da Web

JD Matos 

Pais de alunos da zona rural denunciam o descaso no transporte escolar em Fortaleza do Tabocão. Moradores do assentamento Senhor do Bonfim, que fica a cerca de três quilômetros da cidade, denunciam que as crianças sofrem para poder chegar à escola. Há dois meses que o transporte escolar não vem atuando com regularidade, passando dias sem atender a comunidade do assentamento, prejudicando as crianças.

A trabalhadora rural Hone Gleia contou o seu drama para o Centro-Norte Notícias. “Na minha casa temos cinco crianças, que são matriculadas nas escolas públicas do município. E como vivemos no campo, necessitamos das políticas de direito do transporte público para que nossas crianças consigam chegar nas escolas”, desabafou.

Segundo Hone Gleia, nos últimos dois meses, as crianças têm sido buscadas uma vez por semana, sendo que tem aulas de segunda a sexta-feira. “E na última semana tivemos que levar em nossos veículos; mas a gente não tem condição de levar e buscar todos os dias”, explicou a mãe.

A trabalhadora rural ainda afirma que quem são os maiores prejudicados são as próprias crianças. “Acordam muitas das vezes ainda de madrugada para se arrumar e caminhar pelas estradas rurais para pegar o transporte público escolar e não conseguem”, denunciou a mãe triste. “Semana passada as crianças foram todos os dias e ficaram até 8 da manhã numa perspectiva de pegar o transporte e nada”, completou.

Segundo Hone Gleia, os pais já entraram em contato com a Secretaria da Educação de Fortaleza do Tabocão, para solucionar esse problema que está sendo constante. “As justificativas são as mesmas. Que não tem condição de buscar, pois estão com os transportes quebrados. Semana passada tivemos uma informação que o único posto de combustível da cidade deixou de abastecer os transportes, porque não tiveram respostas de pagamentos da prefeitura”, denunciou.

Ainda de acordo com a mãe, na última reunião realizada na prefeitura, que teve a presença do prefeito e dos secretários de Educação, Transporte e Finança, e os pais, ficou acordado que este problema seria resolvido. Mas até então, nada foi resolvido. “Reconhecemos e também acreditamos que seja uma falta de organização e planejamento da gestão junto com o Estado, que terá que urgentemente resolver o descaso, pois o direito da garantia a educação no campo para nossas crianças é o mesmo das outras”, finalizou Hone Gleia.

Resposta
O secretário de Educação de Fortaleza do Tabocão, Helder Estevão da Silveira, informou ao CNN, nesta quinta-feira, 10 de setembro, que o problema do transporte escolar na zona rural de Fortaleza do Tabocão foi resolvido hoje. “Foi resolvido hoje esse problema. O último carro que estava em manutenção voltou a operar na manhã de hoje e amanhã vai todas as rotas serão atendidas”, afirmou.

De acordo com o secretário, o transporte escolar de Fortaleza do Tabocão atende também os estudantes da zona rural dos municípios de Rio dos Bois, Colméia e Miranorte. “Os alunos que ficam na zona rural desses municípios ficam mais próximos de Tabocão do que da sede de seus municípios de origem, por isso que ficou acordado que a gente faz a rota para transportá-los”, explicou Silveira.

O secretário ainda justificou que a frota não é nova, sendo do ano de 2011, e que por andar muito em estradas de chão, o desgaste dos veículos é maior; mas os recursos para sua manutenção, vindos dos Governos Federal e Estadual, são poucos.

Leia por Assunto: Fortaleza do Tabocão
Veja Também