quinta, 08 de dezembro de 2016
22º Min 32º Max
Pedro Afonso - TO

Educação e Cultura

EVENTO LITERÁRIO

9º Salão do Livro é lançado no Palácio Araguaia com foco no Regionalismo e Desenvolvimento

13/08/2015 17h18 - Atualizado em 14/08/2015 10h51
9º Salão do Livro é lançado no Palácio Araguaia com foco no Regionalismo e Desenvolvimento Elias Oliveira/Seduc

O Governo do Estado fez na manhã desta quinta-feira, 13, o lançamento oficial da 9ª edição do Salão do Livro do Tocantins que, em 2015, tem como tema “Regionalismo e Desenvolvimento: na terra do sol, a vida se transforma através da leitura”. A solenidade, em parceria com as Secretarias de Estado da Educação (Seduc) e da Cultura (Secult), foi realizada no auditório do Palácio Araguaia contou com apresentações culturais e a presença de autoridades estaduais, comunidade artística, professores e alunos.

Neste ano, o Salão do Livro será realizado simultaneamente com a 11ª Feira de Folclore, Comidas Típicas e Artesanato (Fecoarte), no Centro de Convenções Parque do Povo, em Palmas, entre os dias 19 e 27 de setembro.

Um dos principais eventos literários do País, o Salão retorna com o objetivo de contribuir para o enriquecimento cultural do Estado. O retorno também representa a continuidade às ações integrantes do projeto de incentivo da leitura “Vamos Ler!”, cuja intenção é possibilitar, mais uma vez, aos estudantes, professores, comunidade escolar e sociedade em geral a aquisição de novos conhecimentos através da leitura. Foram divulgados ainda os homenageados para a edição 2015 do Salão do Livro, que a nível regional será o jornalista e escritor Tião Pinheiro e a nível nacional, o escritor e cartunista Maurício de Sousa.

Na oportunidade, o governador Marcelo Miranda fomentou o empenho do Governo do Estado no resgate do Salão do Livro, bem como uma economia gerada com a otimização do espaço, no Centro de Convenções Parque do Povo. “É com imensa satisfação que podemos dizer que o Salão do Livro voltou, após dois anos esquecido pela gestão anterior. Estou feliz em saber que estamos resgatando a verdadeira cultura do Tocantins e fomentando a educação”, disse.

Durante o lançamento, o governador explicou que o retorno do evento foi um compromisso assumido perante toda a sociedade. “Estamos cumprindo o que prometemos. O Tocantins merece, pois enquanto houver força de vontade e luta, haverá esperança de vencer. Convidamos a população para que participe, convide amigos, e apreciem o nosso Salão”.

Durante a solenidade, Marcelo Miranda anunciou os dois homenageados deste ano: O cartunista e jornalista Maurício de Sousa, criador da Turma da Mônica, e o jornalista e escritor José Sebastião Pinheiro, nos níveis nacional e regional, respectivamente. 

Regionalismo e Desenvolvimento
Sobre a escolha do tema central do 9º Salão do Livro, o secretário de Estado da Educação, Adão Francisco de Oliveira, explicou que é preciso definir precisamente quais os rumos a seguir e estruturar, minimamente as condições para um desenvolvimento mais sustentável. “Acreditamos que o Tocantins se desenvolva de dentro para fora. É nessa perspectiva que o Salão do Livro contemple essa temática. No evento, pretendemos que as pessoas acessem leituras, discussões, que deem a elas o sentindo do que é esse Tocantins profundo, a partir das suas configurações regionais”, afirmou.

Para o secretário de Estado da Cultura, Melck Aquino, a importância do trabalho conjunto com a Seduc, para o sucesso do evento. Para ele, o retorno do Salão é uma forma de resgatar a autoestima dos tocantinenses. Segundo o secretário, foram contabilizas 182 manifestações culturais regionais. “Nunca do Estado teve tanta participação de artistas regionais. Vivemos um momento de resgate da autoestima do povo. Mesmo com todas as dificuldades, o Governo do Estado vem cumprindo todas as suas obrigações, tanto na valorização dos artistas regionais, como geração de emprego e renda através do Salão”, finalizou. (Da Secom)

Leia por Assunto: Salão do Livro
Veja Também