quinta, 08 de dezembro de 2016
22º Min 32º Max
Pedro Afonso - TO

Educação e Cultura

QUEIXA

Pais do Aeroporto II reclamam do transporte escolar; Secretária diz que estudantes não foram prejudicados

26/03/2016 15h44 - Atualizado em 28/03/2016 10h37
Pais do Aeroporto II reclamam do transporte escolar; Secretária diz que estudantes não foram prejudicados Divulgação

Fred Alves

Um grupo de pais de alunos do Setor Aeroporto II, em Pedro Afonso, entraram em contato com o CNN para reclamar de atrasos dos ônibus que fazem o transporte escolar no bairro.

Moradora do setor há três meses, a auxiliar de escritório Adriana Ribeiro de Sousa contou à reportagem do CNN que os ônibus que transportam os estudantes do bairro não têm horário fixo para buscar os alunos e levá-los às escolas. Ela tem uma filha que estuda no período vespertino, e revela que há dias em que o veículo passa às 12h40 e outros dias às 13h10.

“É uma bagunça sem fim, desde o começo do ano letivo. Uma espera sem fim, tem mães que precisam trabalhar, mas não podem deixar seus filhos sós”, conta Adriana, lembrando ainda das ocasiões em os ônibus não buscam os alunos e os responsáveis pelo transporte escolar não avisam os pais que ficam esperando até desistirem.

Outro morador que vive no Aeroporto II há três anos, mas que pediu para não ser identificado, confirma que os atrasos dos ônibus é um problema comum e que atrapalha as atividades das famílias. “Já cheguei muitas vezes atrasado no trabalho porque precisei levar meus dois filhos na escola pela manhã porque o ônibus não apareceu”, revela.

Secretária explica problema

Em entrevista ao CNN, na tarde desta terça-feira, 22, a secretária municipal de Educação, Cultura e Esporte, Flávia Amadeu Marson, reconheceu que nas últimas duas semanas ocorreram atrasos no transporte de alunos do Setor Aeroporto II porque um dos cinco ônibus que atendem o bairro teve problemas mecânicos. Com isso, segundo ela, um mesmo veículo teve que fazer duas rotas, levando primeiro estudantes de uma escola e depois voltou para buscar os demais, e as crianças não perderam as aulas.

“Não ocorreram atrasos extremos de mais de 20 minutos. Infelizmente os carros quebram. Só ocorrem atrasos quando temos carros quebrados e um único carro atende duas rotas”, explicou a gestora.

Ainda conforme a secretária Flávia Marson, a Prefeitura de Pedro Afonso faz diariamente o transporte de 600 estudantes das redes públicas municipal e estadual de ensino, e conta com uma frota de oito ônibus, cinco kombis locadas e um barco.

A gestora também informou que quando ocorrem atrasos é possível ligar no telefone 3466-1220 e informar o problema.
.


 

Veja Também