sexta, 09 de dezembro de 2016
22º Min 35º Max
Pedro Afonso - TO

Cidades

FALTA EQUIPAMENTO

Servidores da Ciretran dizem que atendimentos estão comprometidos

30/05/2016 15h00 - Atualizado em 06/06/2016 15h48

Da Redação

Servidores do Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito) de Pedro Afonso, que pediram para não serem identificados, procuraram o Portal CNN para denunciar a precariedade na estrutura, principalmente a falta de computadores para trabalharem, o que estaria gerando lentidão no atendimento e acúmulo de serviços.

Segundo informações, atualmente o Ciretran possui 13 funcionários, mas apenas dois computadores para atender usuários dos municípios de Pedro Afonso, Tupirama, Bom Jesus do Tocantins, Santa Maria do Tocantins, Centenário e Recursolândia.

O Portal CNN apurou que uma máquina fica na recepção do órgão onde são feitos serviços como impressão de taxas e de documentos diversos, consultas sobre a situação de veículos, análise de processos de transferências, entre outros. Já a outra fica no Setor de CNH (Carteira Nacional de Habilitação), responsável pela montagem de processos de primeira habilitação, renovação, mudança de categorias, atendimento aos Centros de Formação de Condutores (CFCs), processos de transferências de pontuação, bem como outros serviços.

Os servidores relataram, ainda, que o movimento é intenso e são feitos aproximadamente 100 atendimentos diários. “Com a falta de equipamentos, tem e formado filas enormes e o setor mais crítico é o que atende a área de veículos”, contou um servidor.

De acordo com os funcionários públicos, devido à demora nos atendimentos, a população tem reclamado sistematicamente. Ainda segundo os funcionários, para tentar reduzir os prejuízos e agilizar os atendimentos, alguns servidores estão levando seus notebooks de uso pessoal para trabalharem.

Segundo os relatos, já foram feitos diversos pedidos para solucionar essa demanda junto ao Detran, mas até agora não há respostas e não há previsão para que o problema seja solucionado.

Coordenador nega e critica servidores
O coordenador da Ciretran de Pedro Afonso, Benedito Alves Moura, conhecido como Bené do PT, negou que haja demora nos atendimentos e afirmou que o Ciretran não está nas piores condições. “Realmente são poucos computadores, mas nenhum usuário espera mais que 20 minutos para ser atendido. Temos assentos suficientes e conforto para todos. Não é verdade que há demora comparado ao atendimento no Banco do Brasil, por exemplo”, afirmou Bené.

Ainda de acordo com Bené, quando assumiu a gestão o Ciretran o órgão foi entregue de forma sucateada, e culpou o governo anterior. “Quando assumimos aqui não tinha nem material de expediente, não tinha ar-condicionado, faltava tudo. Hoje já temos tudo. Isso porque o governo passado entregou o Estado sem condições”, destacou.
O coordenador criticou os servidores que fizeram a denúncia e afirmou que a solução vem em breve. “Nenhum servidor pode passar esta informação, quem tem que falar sou eu. A compra dos computadores depende do comitê da Secretaria de Administração do Estado que já encaminhou para o setor de compras. A solução será brevemente”, ressaltou.

Detran verifica
O Portal CNN entrou em contato com o Detran na tarde desta quinta-feira, 19, que informou que a denúncia está sendo verificada, mas até o fechamento da matéria não encaminhou resposta para os problemas. O espaço continua aberto para o órgão se posicionar. 
 

Leia por Assunto: Bené do PT Ciretran DetranPedro Afonso
Veja Também