sábado, 03 de dezembro de 2016
22º Min 34º Max
Pedro Afonso - TO

Cidades

PREVENÇÃO

Pedro Afonso inicia segunda fase de vacinação da H1N1

31/05/2016 18h58 - Atualizado em 31/05/2016 19h21
Pedro Afonso inicia segunda fase de vacinação da H1N1 Da Web

O município de Pedro Afonso iniciou na segunda-feira, 30, a segunda fase da vacinação contra a gripe H1N1, que tem como grupo prioritário as crianças de 6 meses a 1 ano, que devem tomar a segunda dose da vacina. A vacinação, que irá se estender durante o mês de junho, ocorre nas unidades básicas de saúde Tenente Salustiano Leandro de Oliveira e Dr. Pedro Zanina, das 07h às 11h.

“Nós ficamos muito satisfeitos com o resultado da primeira fase de vacinação, que iniciou em 30 de abril e se estendeu até 20 de maio, atingindo um ótimo índice de cobertura, graças ao trabalho aguerrido da equipe da secretaria de saúde e à conscientização. E agora fazemos um apelo aos pais que levaram seus filhos para serem vacinados na primeira fase, que retornem para a segunda dose, para que tenhamos um sucesso semelhante durante esta segunda etapa”, destacou o secretário de saúde de Pedro Afonso, José Martins de França.

Segundo a coordenadora de Atenção Básica do município, Daniella Rodrigues Barbosa, Pedro Afonso conseguiu cumprir 97,91% da meta de vacinação na primeira fase, imunizando um total de 2.388 pessoas, de 2.441 estabelecidas como meta pelo Ministério da Saúde. “Conseguimos um resultado muito bom, graças à ampla divulgação por rádio, carros de som e redes sociais, bem como através dos agentes comunitários de saúde. A vacina é importante porque previne diversas formas de gripe, principalmente a H1N1, e porque é reformulada a cada ano, sendo desenvolvida de acordo com os vírus que estão circulando naquele período”, disse ela.

A coordenadora interina de Imunização de Pedro Afonso, Lúcia Vieira, observou que este segundo período de vacinação é para que as crianças de 6 meses a 1 ano possam complementar a dose, mas destacou que quem faltou à primeira fase de vacinação ainda pode procurar as unidades de saúde. “Nós reservamos a quantidade de vacinas para as crianças que devem tomar a segunda dose, e ainda temos um estoque razoável de doses, de modo que quem não tomou a vacina ainda, principalmente os idosos, também podem procurar os postos”, informou. (Da Ascom PMPA)

Leia por Assunto: Pedro Afonso
Veja Também