Poltica

IRREGULARIDADES

TCE aponta irregularidades ao rejeitar contas do ex-prefeito de Guara Gensio Ferneda

24/08/2016 10h27 - Atualizado em 30/08/2016 18h01
TCE aponta irregularidades ao rejeitar contas do ex-prefeito de Guara Gensio Ferneda
Mrcio Vieira

O ex-prefeito de Guaraí Genésio Ferneda teve suas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (TCE-TO) no último dia 16 de agosto. Após a rejeição em junho deste ano, a defesa entrou com um embargo para um novo julgamento e novamente o parecer foi desfavorável ao acusado.

 O boletim que traz a decisão completa pode ser acessado neste link.

Os conselheiros do TCE decidiram pela rejeição pelas irregularidades de “Descumprimento do limite legal da despesa com pessoal, sem a adoção das medidas de recondução e a não recondução do montante da despesa total com pessoal que excedeu o limite legal na forma e nos prazos da lei”, e “Registros contábeis incorretos sobre fatos relevantes, implicando na inconsistência dos demonstrativos contábeis e a não consonância entre o saldo financeiro para o período seguinte e o saldo financeiro do período anterior sendo encontrada uma divergência de R$ 961.695,69”.

Após a decisão do TCE, cabe a Câmara Municipal de Guaraí aprovar definitivamente ou rejeitar as contas do ex-prefeito. 

Cassado em 2014 por captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico, atualmente Genésio Ferneda é o principal articulador da campanha de sua esposa, Lires Ferneda, que disputa a eleição para prefeita de Guaraí. 

Leia por Assunto: Gensio Ferneda Guara