Cidades

ESTRADA DA CBPO

Licitao de trecho da BR-235 deve ocorrer ainda neste semestre

06/03/2017 19h57 - Atualizado em 10/03/2017 07h08
Portal CNN
F. Oliveira

Henrique Lopes

Foi realizada na tarde da quinta-feira, 23 de fevereiro, em Pedro Afonso, mais uma reunião em prol da construção da BR-235, popularmente conhecida como CBPO, no trecho tocantinense da rodovia federal. O encontro ocorreu no auditório da Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Coapa) e teve a participação prefeitos, vereadores, moradores e produtores rurais dos municípios de Pedro Afonso, Bom Jesus do Tocantins, Tupirama, Rio Sono e Centenário, além do superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura em Transporte (DNIT), Eduardo Suassuna, e do deputado federal Vicentinho Júnior (PR).

Diferente da primeira reunião realizada no início de dezembro de 2016, onde se buscava apoio para retomada das obras, o segundo encontro foi marcado por notícias positivas. A principal delas é que ainda neste semestre será realizada licitação para realização da pavimentação do trecho da primeira fase de obras do Lote 02, que possui 69 km e liga o município de Centenário à divisa do estado do Tocantins com o Maranhão. O valor de R$ 22 milhões foi destinado pelo deputado Vicentinho Jr. e já está previsto no Orçamento da União de 2017.

O representante do DNIT, Eduardo Suassuna, informou que o projeto executivo para construção da obra está sendo elaborado para que ocorra a licitação. Apesar dos esforços para acelerar o início das obras, que tem unido desde gestores municipais, produtores rurais até a bancada tocantinense no Congresso Nacional, Eduardo alerta que os inícios das obras não ocorrerao neste ano.

“Primeiro teremos que analisar como se dará o processo licitatório, mas acreditamos que contratando ao final do ano, porém não conseguiremos iniciar os trabalhos, em decorrência do período chuvoso. Mas, podemos garantir que os recursos empenhados na União possam ser usados no ano seguinte”, relata o superintendente.
O projeto para a obra do segundo trecho, correspondente a 81 km, que ligará o estado do Maranhão a BR-235, passando pelos municípios de Bom Jesus, Pedro Afonso e Tupirama, também deverá ser elaborado, mas ainda não há previsão para que ocorra a licitação. Entretanto, o DNIT afirmou que ações estão sendo tomadas para que esta parte da BR-235 tenha manutenção permanente.

Outras ações
Além do anúncio do investimento para a retomada do trecho entre Centenário e a divisa com o Maranhão, Eduardo Suassuna também informou que será feita encabeçamento da ponte do Rio Negro, próximo ao município de Centenário, e ainda estão sendo realizados estudos e avaliações econômicas e de viabilidade para a construção do trecho da BR-235 ligando o estado do Tocantins ao Pará.

Iluminação
Questionado pelo vereador de Pedro Afonso Gordo Lavajato (DEM) sobe a falta de iluminação da ponte Leôncio Miranda, sobre o Rio Tocantins, localizada na BR 235, entre os municípios de Pedro Afonso e Tupirama, o representante DNIT explicou que um projeto de ações vem sendo elaborado e deverá completar ações de infraestrutura e iluminação, em trechos com pontes e também nas áreas onde as rodovias cortam os municípios.

Maranhão 
Apesar de no primeiro encontro, representantes do município terem participado, outra situação, apontada como fundamental por produtores, foi a continuidade das obras após a fronteira Tocantins/Maranhão.

Segundo o prefeito Jairo Mariano, um dos articuladores do Movimento Pró BR-235, é necessário que haja uma mobilização junto aos representes maranhenses, para que eles possam dar continuidade às obras, a partir da divisa do estado. Já que a jurisdição do DNIT Tocantins, acaba sendo apenas dentro do estado.