sexta, 20 de outubro de 2017
23º Min 39º Max
Pedro Afonso - TO

Cidades

ÀS ESCURAS

Ponte do rio Tocantins segue sem iluminação; DNIT e Prefeitura divergem sob manutenção

30/05/2017 15h29 - Atualizado em 02/06/2017 10h41
Ponte do rio Tocantins segue sem iluminação; DNIT e Prefeitura divergem sob manutenção Luciano Ribeiro/Secom

Da Redação 

A temporada de praia se aproxima e os moradores e visitantes de Pedro Afonso e região devem encontrar a ponte Leôncio Miranda totalmente no escuro. Enquanto o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e a Prefeitura de Pedro Afonso divergem sobre a responsabilidade da manutenção da iluminação do local, a ponte está às escuras há quase três anos. Um risco para os usuários que trafegam pelo local principalmente à noite.

Inaugurada em 2007, a obra, localizada sob o rio Tocantins, na BR-235, tem 1.060 metros de extensão e uma localização estratégica. Em fevereiro de 2016 vândalos picharam diversas frases e desenhos, algumas delas cobrando a iluminação e a segurança do trecho.

Já em fevereiro deste ano, durante encontro realizado no auditório da Coapa, em Pedro Afonso, que reuniu lideranças políticas da região, agricultores e membros da sociedade civil organizada, o superintendente do DNIT no Tocantins, Eduardo Suassuna, afirmou que o órgão estava elaborando um plano de ações para solucionar o problema de iluminação pública das pontes e rodovias que cortam os municípios

Entretanto, após ser questionado na última sexta-feira, 26, sobre o andamento do plano para as obras de manutenção da ponte, já que a estrutura é um dos pontos turísticos do município e recebe dezenas de visitantes durante a temporada de verão, o órgão disse, em nota, que a responsabilidade não é dele. Segundo o DNIT, a manutenção da iluminação urbana (mesmo quando em trechos de rodovias federais, dentro das cidades) é de responsabilidade dos municípios de acordo com a Constituição Federal que até autoriza os municípios a instituírem taxa de iluminação pública, nas contas de luz de todos os usuários.

Já a Prefeitura de Pedro Afonso, através da assessoria de comunicação, informou que a responsabilidade é sim do Departamento Nacional de Infraestrutura em Transporte (DNIT). O Governo Municipal disse que apesar da atribuição ser do órgão federal, realiza estudos e levantamentos para viabilizar a revitalização e a manutenção da infraestrutura elétrica da ponte, de forma a garantir mais segurança a pedestres, ciclistas e motorista que fazem uso da mesma.

Na resposta enviada, a prefeitura ressaltou ainda que atos de vandalismo e furtos a rede elétrica da ponte, tem inviabilizado a manutenção mais rápida da ponte.

Não foi informado prazo para realização da manutenção.

Confira a nota na íntegra:

Nota de esclarecimento

A Prefeitura de Pedro Afonso, através da secretaria de Planejamento e Modernização de Gestão, em resposta a solicitação feita pelo programa radiofónico Fred Alves, informa que acredita que, em se tratando da manutenção e reestruturação do sistema de iluminação púbica da Ponte Leôncio Miranda, localizada na BR 235, a responsabilidade é de competência do Departamento Nacional de Infraestrutura em Transporte (DNIT).

Entretanto, o poder executivo municipal, em prol de atender a demanda dos cidadãos pedroafonsinos e turistas que visitam o município, está realizando estudos e levantamentos para viabilizar a revitalização e a manutenção da infraestrutura elétrica da ponte. De forma a garantir mais segurança a pedestres, ciclistas e motorista que fazem uso da mesma.

Sobretudo é de conhecimento, através das matérias publicadas por essa mídia, que frequentemente pauta sobre a falta de iluminação no trecho da ponte, dos empecilhos ocasionados por atos de vandalismo e furtos a rede elétrica da ponte, o que tem inviabilizado um trabalho mais célere na solução do problema causado pela falta de iluminação.

Cientes dos esclarecimentos prestados, colocamo-nos a disposição para demais questionamentos que julgares pertinentes.

 

Veja Também