quarta, 18 de outubro de 2017
22º Min 38º Max
Pedro Afonso - TO

Turismo e Meio Ambiente

TURISMO EM PEDRO AFONSO

Ilha do Tocantins: Destino ideal para quem busca tranquilidade

25/08/2017 18h45 - Atualizado em 26/08/2017 08h50

Henrique Lopes

Ilha do Nilo, Ilha do Rio Tocantins, Ilha de Caras. Nomes não faltam para a praia que une rochas exponenciais com bancos de areias brancas e a água cristalina do rio Tocantins. O atrativo turístico localizado entre Pedro Afonso e Tupirama, a cerca de 206 km de Palmas, vem atraindo cada vez mais visitantes e famílias que montam suas barracas durante toda a temporada, que se inicia um pouco antes da programação das outras praias da região, ainda no final do mês de maio, e segue até meados de setembro, quando as últimas estruturas são desmontadas.

O diferencial da ilha é que, apesar do grande número de visitantes, a ausência de barracas comerciais e programação cultural proporcionam aos turistas um ambiente intimista e ideal para o lazer em família e acampamentos. Destino certo para quem busca contato com a natureza e tranquilidade.

Se há alguns anos poucos turistas e pedroafonsinos se arriscavam na praia com grandes formações rochosas, atualmente cerca de 30 cabanas formam um complexo de barracas montada por diversas famílias, número que cresce a cada ano.

O acesso é feito de barco, que percorre cerca de 700 metros da rampa da antiga balsa, ao lado da Praia do Duga outro atrativo do verão pedroafonsino (clique aqui e veja matéria completa. O valor da passagem individual é de R$ 3,00.

O barqueiro Leogusto da Costa diz que as pessoas têm procurado bastante a ilha, por causa de suas condições naturais. “Há mais areia do que em outras praias, a paisagem é muito bonita e também as construções das barracas das famílias que ficam acampadas aqui trazem muitas pessoas”, descreve.

Ainda segundo o barqueiro, que colocou iluminação e sonorização no barco que trabalha fazendo a travessia, o público tem escolhido destinos diferentes e a ilha atende esses requisitos. “As pessoas tem buscado coisas diferentes, não só nos serviços que prestamos a elas, mas também nos destinos turísticos. A ilha atende a essa diferença, ainda mais quando vivemos uma crise no país e todos buscam locais mais baratos”, completou.

Procura crescente
Um dos primeiros a montar barraca na Ilha, o empresário Melquíades Lemes Ferreira acampa no local desde 2009. De lá para cá, segundo ele, o atrativo vem chamando cada vez mais atenção de quem procura espaços alternativos para lazer em família. “Em 2009 éramos apenas umas cinco ou seis barracas apenas. Com o passar dos tempos e com o baixo nível do rio Tocantins a ilha foi ficando com a dimensão maior, aí foram aumentando os amigos de barracas”, conta.

O empresário diz ainda que apesar de não ter uma associação ou intervenção do poder público para organizar, o respeito é uma das marcas de quem escolhe a ilha como destino para as férias. “Estamos sempre seguindo na mesma ordem das barracas todos se respeitando amigavelmente sem discussão e mantendo o bom relacionamento. É o lugar bom para curtir com a família e amigos em geral. Cuidamos cada um com suas respectivas responsabilidades para manter sempre organizada sem prejudicar a mãe natureza”, garante.

Só elogios
A matemática Kamilla Pacheco, paraense que atualmente mora na cidade de Bom Jesus do Tocantins, visitou a ilha pela primeira vez em 2017 e disse que pretende acampar com os amigos nos próximos anos. “Visitei durante a alta temporada de Pedro Afonso e fiquei encantada, já voltei agora após o fim do verão e continua um fluxo de pessoas muito bom. É um lugar ideal para acampar e quem busca tranquilidade”.

A servidora pública Efigênia Pereira de Miranda Soares levou a família, um grupo formado por 40 pessoas, para acampar durante a temporada, o que rendeu muitos elogios. “Todos amaram e disseram que já vão se programar para os próximos anos, pois é um espaço onde as famílias ficam à vontade, tem espaço de areia para jogarem vôlei, além da água que é mais morna e tranquila”, disse a servidora pública.

Pensamento semelhante tem a estudante paulista Mariana Yurie Nakaharada, que veio visitar Pedro Afonso a convite de uma amiga e ficou encantada com as belas praias da cidade, principalmente a da Ilha. “Parece exagero, mas eu nunca vi nada tão bonito. Em São Paulo nós temos o litoral norte que é coisa mais linda, com as praias mais bonitas, mas não sei se chega perto da ilha do rio Tocantins. É assustadoramente a coisa mais linda que a natureza podia nos dar”, ressaltou a jovem estudante.

Infraestrutura e serviços
A Ilha não possui rede elétrica, instalações de água, estrutura de banheiros ou barraca comerciais. Todas as cabanas montadas em seu perímetro são construídas por famílias pedroafonsinas ou de turistas que veem para conhecer a cidade e a escolhe como destino para acampar com os amigos.

O lixo é coletado pelos donos das barracas e recolhido pela Prefeitura de Pedro Afonso. A praia ainda conta com o acompanhamento e fiscalização do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins).
 

Veja Também