quarta, 18 de outubro de 2017
22º Min 38º Max
Pedro Afonso - TO

Cidades

POSSÍVEL AFOGAMENTO

Encontrado corpo de jovem que desapareceu durante rally em Itacajá

30/07/2017 15h48 - Atualizado em 21/08/2017 15h20

Henrique Lopes

O corpo de um jovem de 18 anos foi encontrado no dia 24 de julho, por populares a aproximadamente 1,5 km da Praia da Orla, no município de Itacajá. Caíque Silva da Cruz estava desaparecido desde o dia 22 de julho, quando participava do XVII Rally das Águas.

Segundo informações da Polícia Militar, Caíque foi visto pela última vez descendo em uma boia pelo rio Manoel Alves Pequeno. Possivelmente o rapaz tenha sido vítima de afogamento.

O corpo foi removido pela equipe da Polícia Militar, com apoio de uma embarcação da Prefeitura de Itacajá, e levado até a Paia da Orla, onde as equipes da Polícia Científica e do Instituto Médico Legal (IML) fizeram o recolhimento.

Garimpinho
Além do caso de Itacajá, mais um desaparecimento foi registrado nas praias tocantinenses durante o terceiro final de semana da temporada. Segundo a 1ª Companhia do Corpo de Bombeiros Militar de Araguaína, foram realizadas neste final de semana as buscas pelo jovem Wilian Alves Agra, de 24 anos, que desapareceu no domingo, 23.

Wilian tomava banho com outros dois amigos no rio Araguaia na região do Garimpinho, nas proximidades de Araguaína quando desapareceu. Os militares foram acionados por volta das 17 horas do domingo, quando deram início aos mergulhos no local do afogamento. O corpo de Wilian foi encontrado na manhã desta terça-feira.

Fim de semana
Apenas neste final de semana os bombeiros atenderam 15 praias, além do Rally das Águas de Itacajá. A estimativa é que aproximadamente 63 mil pessoas passaram pelas praias assistidas pelos bombeiros, que realizaram mais de nove mil atendimentos, em sua grande maioria orientações aos banhistas e 11 atendimentos pré-hospitalares.

Durante esta temporada, já nove pessoas nas praias, sendo sete adultos do sexo masculino e duas crianças do sexo feminino. Entre eles está o mecânico Donilson Rodrigues da Silva, 32 anos, e sua a filha Laura Rayssa de Sousa Rodrigues, 9 anos, mortos por afogamento na praia Bom Será, em Tupirama.
 

Veja Também