Memria

LEMBRANA

Chico Guarda Campo e o seu legado

01/11/2017 09h39 - Atualizado em 07/11/2017 11h29

Henrique Lopes

No dia 1º de novembro de 2017 completou uma semana que o município de Pedro Afonso se despediu de uma das grandes personalidades de sua história.
Aos 74 anos, Francisco Lopes, mais conhecido como “Francisco Guarda Campo”, faleceu no último dia 26 de outubro, em Palmas (TO), vítima de um Acidente Vascular Cerebral, após um longo período de internação que chegou aos 100 dias. Ele deixou a esposa, seis filhos,18 netos e 14 bisnetos.

Nascido em Messejana, estado do Ceará, “Chico Guarda Campo” escolheu Pedro Afonso para viver. O apelido faz referência a profissão que desenvolveu com muito afinco, pois foi responsável por cuidar do campo de aviação na década de 70 e também das cargas que chegavam ao município pela antiga pista de avião, localizada onde é, hoje, a Praça Coronel Lysias Rodrigues, no centro.

Com um coração enorme, usava de sua profissão para ajudar as pessoas mais necessitadas. Como na época Pedro Afonso ainda não tinha hospital, “Chico Guarda Campo” colocava as pessoas no avião e as levava-as para outras cidades a procura de socorro médico. Dessa forma, ajudou a salvar várias vidas.

Nos anos 90 implantou umas das primeiras fábricas de pré-moldados de Pedro Afonso, onde fazia manilhas e bueiros, gerando empregos para algumas pessoas.

 

Leia por Assunto: Chico Guarda Campo Pedro Afonso