quarta, 17 de outubro de 2018
22º Min 31º Max
Pedro Afonso - TO

Esporte CN

MARCAS DE 2017

Atletas de Pedro Afonso se destacam nacionalmente e querem mais apoio para competir

05/01/2018 08h50 - Atualizado em 27/01/2018 11h10
Atletas de Pedro Afonso se destacam nacionalmente e querem mais apoio para competir Equipe de atletismo de Pedro Afonso teve conquistas importantes em 2017

Henrique Lopes

O ano 2017 coroou o bom desempenho das equipes pedroafonsinas em diversas competições e alavancou o interesse pelo esporte. Atletas de Pedro Afonso se tornaram referência em diversas modalidades.

“Foram várias participações com bons resultados em campeonatos regionais e estaduais, fruto de um excelente trabalho dos professores, treinadores, do poder público e empresas privadas que apoiaram o esporte”, afirmou o presidente da Liga Esportiva de Pedro Afonso (LEPA), Filho Tranqueira.

Para o dirigente, três modalidades esportivas chamaram atenção em 2017. “Tivemos um bom desempenho no esporte em geral, mas em se tratando de modalidades específicas o atletismo escolar, o karatê e o futsal foram os destaques do ano”.

Filho Tranqueira ressaltou a participação do Pedro Afonso Futsal (PAF) e do Furacão Futebol Clube na Série Ouro de Futsal 2017; o título de Bicampeão Estadual Masculino de Futsal, categoria Sub-20, da equipe de Pedro Afonso, além dos resultados do atletismo e do karatê nos campeonatos nacionais.

Em relação aos pontos que marcaram o ano do esporte negativamente, Filho afirmou que faltam mais investimentos na área e incentivo aos esportistas. “Falta mais um pouco de investimento do poder público na construção de áreas para prática de esportes. Sabemos que estão sendo construídos o estádio, uma quadra de esporte e o campo society, acreditamos que após serem concluídas essas obras, as pessoas se interessem mais pelo esporte, pois há uma carência de espaços para práticas esportivas”, completou.

Um salto nos resultados
Como ressaltado pelo presidente da Liga Esportiva de Pedro Afonso (LEPA), o atletismo foi um dos grandes destaques de 2017. Um dos principais responsáveis pelo crescimento da modalidade e dos relevantes resultados conseguidos nas diversas competições em todo o país foi o professor e técnico Max Augusto do Carmo.

Satisfeito, ele disse que 2017 foi de bons resultados no atletismo e em outras modalidades. “Vejo que o esporte de Pedro Afonso tem crescido nas modalidades que são oferecidas e 2017 foi um ano muito bom para todas. No atletismo conseguimos resultados expressivos”, frisou.

O técnico da equipe de atletismo de Pedro Afonso, que conta com alunos da Escola Estadual Ana Amorim e do Colégio Cristo Rei, explicou que o foco no ano passado foi diminuir as modalidades e intensificar os treinos nas categorias com maior desempenho. “Eu treinava muitas provas, esse ano nos diminuímos e focamos em algumas modalidades e os resultados aparecerem, principalmente nas competições fora do estado. Nós já tínhamos bons resultados, mas conseguimos um alcance maior”, enfatizou Max Augusto.

Entre os resultados obtidos durante o ano estão o segundo lugar no II Campeonato Brasileiro Escolar de Atletismo 2017, em Porto Alegre; e o vice-campeonato do Troféu Norte-Nordeste Caixa de Atletismo Sub-18, em Natal, ambos no salto em altura.

Entretanto, Max Augusto afirmou que um dos grandes desafios do ano foi conseguir apoio para melhorar as condições de treinamento e da logística para participação nas competições. “Nós temos o apoio da prefeitura, mas precisamos ainda de mais ajuda, acredito que se tivéssemos mais patrocinadores, tínhamos conseguido participar de mais campeonatos”, revelou.

Já para 2018, a meta do professor é continuar levando o nome de Pedro Afonso a competições nacionais, com foco em modalidades específicas e na melhoria do desempenho dos atletas. “Estaremos focando em menos modalidades, melhorando o desempenho e participando das competições, pois quanto mais participamos, mais melhoramos”.

Destaques
Para o esporte de Pedro Afonso romper as barreiras e se destacar no cenário nacional, muitos atletas se dedicaram durante o ano em diversas horas de treinos exaustivos.

Um dos atletas que deixou sua marca em 2017 foi o jogador Richardson Rodrigues, campeão tocantinense de futsal e um dos destaques do Interporto, time de Porto Nacional.

Quem também fez bonito, a exemplo dos anos anteriores, foi o atirador e presidente do Clube de Tiro Esportivo de Pedro Afonso, João Marinho. O competidor conquistou três primeiros lugares, um 3º lugar e o troféu de melhor atirador do Campeonato Sulamericano de Tiro Prático, e teve o mesmo desempenho no Campeonato Brasileiro da modalidade. Além disso, no Campeonato Estadual ganhou três medalhas de ouro e uma de bronze.
 

No karate, Jhenifer Arruda foi bronze no campeonato Brasileiro de Karatê 2017. Além de Jhenifer, também se destacaram atletas das academias Van Damme Shotokan e K1, além de Jéssica Benício que apesar de morar em Palmas, leva o nome de Pedro Afonso por onde compete.

Além dos esportes individuais, o ano de 2017 foi marcado pela participação das equipes Furação Futebol Clube e Pedro Afonso Futsal no Sério Ouro do Estadual. O Furação saiu da competição na fase eliminatória e o PAF chegou as quartas de final.

  

Veja Tamb�m