sexta, 20 de julho de 2018
17º Min 35º Max
Pedro Afonso - TO

Cidades

ELO DO DESENVOLVIMENTO

Ponte entre Pedro Afonso e Tupirama completa 10 anos de inauguração

21/12/2017 06h30 - Atualizado em 05/01/2018 08h41

Reportagem: Henrique Lopes
Edição: Fred Alves
Fotos: Luciano Ribeiro/Secom e Márcio Vieira/Secom

Com 1.060 metros de extensão e uma localização estratégica, que integra a região Norte à amazônica e ao Nordeste, através da ligação das rodovias federais BR-153, BR-010 e BR-235, a Ponte Leôncio Miranda, considerada a maior ponte de concreto armado do estado do Tocantins, completou no dia 21 de dezembro de 2017, 10 anos de sua inauguração.

Uma das principais obras do estado do Tocantins, a ponte, localizada sobre o rio Tocantins, entre os municípios de Pedro Afonso e Tupirama, na BR-253, custou mais de R$ 954 milhões aos cofres públicos e gerou mais de 1.000 empregos, durante os dois anos de construção, e tirou a região do isolamento.

Entre os diversos trabalhadores que auxiliaram na construção estava Márcio Miranda Moreira, que olha para a ponte com nostalgia e orgulho. “É muito bonito saber que ajudei a construir um dos cartões portais do meu estado e que hoje, ela celebra 10 anos de inauguração. É uma obra que mudou a história da região”, comentou.

Elo do desenvolvimento

O ex-prefeito de Pedro Afonso Tom Belarmino afirmou que uma das suas demandas ao assumir a gestão do município em 2001, quando o município já experimentava uma grande explosão produtiva causada pelo Programa de Cooperação Nipo-Brasileira para o Desenvolvimento dos Cerrados - 3ª Fase (Prodecer III), era a execução da ponte. Para ele, com a realização desta tão sonhada obra, Pedro Afonso começou a traçar caminhos diferentes rumo ao desenvolvimento. “A partir da consolidação da ponte, a Bunge decidiu montar a usina em nossa cidade. A ponte era o último gargalo que segurava o desenvolvimento do município”, afirmou.

O governador do Tocantins, Marcelo Miranda, guarda boas lembranças da inauguração da Ponte Leôncio Miranda. “Foi um dia muito especial para mim, porque eu conheço, de perto, a realidade vivenciada principalmente pela população de Pedro Afonso e de Tupirama. Sei exatamente o que significava, quais seriam os benefícios advindos com a entrega da ponte”, avaliou. Segundo ele, a partir da construção da ponte, que interliga três importantes rodovias federais – BR-153, BR-010 e a BR-235, a região centro-norte pode viver uma nova realidade. “Podemos dizer que essa obra representou a redenção econômica para centenas de produtores de Pedro Afonso e região, que antes transportavam seus produtos por meio de balsas”, completou Marcelo Miranda.

Mola propulsora do agronegócio

O impacto na agricultura, causado principalmente pela melhoria na logística do transporte de insumos agrícolas e das toneladas de grãos produzidos à margem direita do rio Tocantins, possibilitou o interesse de produtores pela região e novos investimentos agrícolas, como lembrou o presidente da Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Coapa), Ricardo Khouri. “A ponte foi a mola propulsora para o crescimento das atividades agrícola do lado direito do rio Tocantins”.

O dirigente cooperativista recordou que a balsa, que antecedeu a ponte, gerava uma insatisfação aos produtores que queriam investir no município, pois eles viam nela um empecilho para o escoamento da produção. “Eram toneladas e toneladas de grão sendo transportados por balsa. Isso gerava um custo alto, filas enormes de caminhões e atrasos na entrega da produção. Com a ponte tudo foi simplificado”, explicou Ricardo.

Luta de muitos

Entre outros nomes que também se destacaram na luta pela construção da ponte sobre o rio Tocantins estão os ex-prefeitos Ademar Amorim, Souza Porto, Dr. Mário Sales, José Edgar, Antônio de Souza Aguiar (Tonzinho) e Zé Combas. Além de entidades como a Coapa, Acipa e Sindicato Rural. Produtores, empresários e cidadãos de Pedro Afonso e região também foram importantes para a realização desse sonho.

 

Autoridades e popuares caminham pela primeira vez sobre a ponte do rio Tocantins
 



Descerramento da placa de inauguração 



Vista áerea da ponte na época da inauguração



Márcio tem orgulho de ter trabalhado na construção da ponte sobre o rio Tocantins 

Veja Também