Economia

MINIMIZAR IMPACTOS

Energisa adota Plano de Contingncia para atuar durante greve dos caminhoneiros

27/05/2018 09h13

Diante da falta de combustíveis nos postos que abastecem o Estado, a Energisa adotou um plano de contingência e reforça que está mobilizando todos os seus recursos para minimizar os impactos a seus clientes. Serão priorizados os atendimentos de falta de energia coletiva, serviços essenciais como hospitais e clientes sobrevida, e ocorrências que atentem contra a segurança da população.

Na área urbana estão sendo priorizados, além da falta de energia, os seguintes atendimentos comerciais: ligação nova, vistoria de padrão e religação. Estão suspensos serviços como desligamento a pedido do cliente, vistoria de danos elétricos, troca e aferição de medidor. Já na área rural, em função dos grandes deslocamentos, o atendimento está sendo feito para a falta de energia coletiva, sendo que, serviços como ligação nova, religação e vistoria de padrão serão executados apenas quando retomada a normalidade de abastecimento de frota.

Alessandro Brum, diretor Técnico e Comercial da Energisa, explica que a empresa está empenhada em minimizar o impacto de danos gerados pela paralisação. "Estamos atuando com o compromisso de priorizar o atendimento coletivo para os cidadãos tocantinenses. Ao realizarmos o contingenciamento dos serviços, bem como, a racionalização do combustível em nosso âmbito interno, garantimos a continuidade do nosso trabalho, e assim, a redução dos efeitos da paralisação no fornecimento de energia", explicou Brum.

Em âmbito interno, a Energisa está restringindo as viagens administrativas, como forma de racionalizar o uso do combustível e garantir a continuidade dos serviços em campo. Também foram suspensas parte das obras de manutenção da rede, sendo mantidas apenas as programações previstas para áreas urbanas e de maior relevância.

Por se tratar de uma situação que foge ao controle da concessionária, o desabastecimento e os bloqueios nas rodovias que cortam o Tocantins, podem também impactar nos prazos de atendimento, estendendo além do padrão. Por isso, a Energisa conta com a compreensão dos clientes e reforça o seu compromisso em atender sempre no menor tempo possível.

É importante destacar que todos os Canais de Atendimento e as agências da Energisa seguem com funcionamento normal. E as equipes da concessionária seguem mobilizadas para garantir que não haja nenhum prejuízo na prestação do serviço durante a paralisação do caminhoneiros que, até o final desta manhã não tinha previsão de terminar.



Leia por Assunto: Energisa greve caminhoneiros