Educao e Cultura

DIA D

Cerca de 600 estudantes elaboram redaes do V Concurso Cristo Rei e Centro-Norte Notcias

28/05/2018 15h33 - Atualizado em 30/05/2018 10h00

Henrique Lopes


Nesta segunda-feira, 28, cerca de 600 alunos de 21 turmas dos três turnos do Colégio Cristo Rei, em Pedro Afonso, estão elaborando suas redações do V Concurso de Redação, Educação e Jornalismo: Cristo Rei e Centro-Norte Notícias, que, neste ano, homenageia a Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Coapa), pelos 20 anos de fundação.

Com o tema “Coapa: 20 anos plantando o cooperativismo e o desenvolvimento socioeconômico”, os alunos escreveram redações dissertativas, mesmo padrão utilizado em provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e vestibulares.

De olho no texto, mas focados na premiação, que distribuirá R$ 5 mil sendo R$ 2.500,00 ao primeiro colocado, R$ 1.500,00 para o segundo e R$ 1.200,00 ao terceiro, os estudantes destinaram parte do tempo à pesquisa e aprofundamento no tema. Além da premiação, vencedores também terão seus textos publicados, na íntegra, no Portal CNN – www.centronortenoticias.com.br – e no Jornal Centro-Norte Notícias. A cerimônia de premiação será realizada no dia 27 de junho, às 8 horas, na Escola Paroquial, que fica ao lado do Colégio Cristo Rei.

“É muito importante falar sobre a cooperativa, assim eu pude me informar mais sobre ela e saber da sua história”, conta a aluna do 2º ano Amanda Kelly, 16 anos.

Já a estudante Karinne Alencar, 17 anos, também do 2º ano, destacou o tema como um dos pontos altos da quinta edição do certame. “Achei um tema bem interessante, não só pelo aniversário da Coapa, mas por toda a influência que ela tem em Pedro Afonso, essencial para o desenvolvimento da cidade”, ressaltou.

Para Alexandre Araújo Oliveira, 17 anos, o concurso é uma iniciativa bastante promissora, “Estimula o raciocínio e já serve como alicerce para quem irá fazer a redação do Enem, pois incentiva as pessoas estudarem mais dissertação. Como é algo que tem premiação, os alunos querem dar mais de si”, contou o segundo anista.

Segundo o professor de língua portuguesa e um dos idealizados do certame, Marcos André, o novo formato do concurso agregou mais participantes. “O que percebemos é que o número de alunos interessados foi extremamente maior que os outros anos, além de uma busca intensa a respeito da Coapa e do cooperativismo. Nós estamos extremamente felizes, pois o concurso já faz parte do calendário de comemorações do município e esse ano fecha uma parceria importante com a Coapa, trazendo como tema os seus 20 anos”, destacou o educador.