segunda, 10 de dezembro de 2018
22º Min 30º Max
Pedro Afonso - TO

Política

JOÃO GANHA POUCO

Ex-prefeito de Pedro Afonso morre aos 89 anos em Goiânia

30/05/2018 09h26 - Atualizado em 20/06/2018 10h11
Ex-prefeito de Pedro Afonso morre aos 89 anos em Goiânia Comerciante foi prefeito de Pedro Afonso de 1961 e 1962

Fred Aves

Foi sepultado no final da tarde do dia 30 de maio, no Cemitério Parque, em Goiânia, o corpo do ex-prefeito de Pedro Afonso João Ferreira de Brito, conhecido como “João Ganha Pouco”, de 89 anos.

Segundo familiares, ele morreu em um hospital no qual estava internado há dois meses, vítima de pneumonia e deficiência renal.

Nascido em 15 de julho de 1928, em Pedro Afonso, João Ferreira de Brito, era filho de Santos Alves Ferreira e Ana Ferreira de Brito, e foi um importante político pedroafonsino que administrou a cidade nos dois primeiros anos da década de 1960.

Ainda pequeno, o futuro político teve contato com o ensino formal na Escola Pádua Fleury, sendo aluno de grandes educadores da época como Regina Porto, Petronilia, Ataliba e Anaides Brito Miranda. Depois deu sequência ao ginásio em Porto Nacional, onde deixou o 2º grau incompleto.

Aos 15 anos foi ajudar o pai, sendo vaqueiro do senhor José Correia. Logo depois foi trabalhar em Tupirama, na loja do senhor Ireno, no Comercial NM de Azevedo, popular Casa Ganha Pouco, de onde herdou o apelido de João Ganha Pouco. Era o responsável em negociar os tecidos, alimentos, couro de boi, coco babaçu e outros produtos do comércio.

Casou-se em 1951 com Antonia Gonçalves de Brito, tendo os filhos Adilton, Airton, Adilson, Edilson, Raimundo, Vamilton, Joamelto, Goianilton, Amilton, Leonilton, Ana Rosa, Carmilene, Erica Vanessa, Eva Nazaré, Marcos Tiago.

A Casa Ganha Pouco se mudou para Porto Real (Anajanópolis) e devido a sua popularidade, enquanto comerciante, foi lançado candidato a vereador em 1951 pela UDN (União Democrática Nacional), onde saiu vitorioso. Naquela época vereador não recebia salário.

Já em 1960, um novo desafio, ser candidato a vice-prefeito pelo PSD (Partido Socialista Brasileiro) que tinha Dr. José de Souza Porto como postulante ao cargo de chefe do executivo. Ambos saem vitoriosos, pois a votação era desvinculada. Contudo, um impasse impediu o prefeito eleito de assumir, pois José de Souza Porto era deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Goiá. Num acordo de dois anos, o vice João assumiria até o término do mandato do então deputado.

A princípio João relutou, mas devido à pressão do grupo, aceitou o desafio, e nos anos de 1961 e 1962 realizou ações significativas para o desenvolvimento local como a construção de escolas rurais isoladas, mercado municipal do distrito de Bom Jesus, Destacamento de Policia, abertura da Rua 15 de Novembro, localizada nos fundos dos quintais da Rua Anhanguera, entre outras medidas. Foi também diretor do Tiro de Guerra 11-004.

Em 1963, o prefeito eleito assumiu o cargo, e João Ganha Pouco se mudou em dezembro de 1964 para Goiânia, onde foi ajudado a princípio pelo amigo Edmar Brito Miranda. Logo depois começou a trabalhar na Companhia Elétrica de Goiás (Celg), onde se aposentou.

Em Pedro Afonso, o setor próximo ao Colégio Cristo Rei recebeu seu nome em 2017.

Prefeitura declara luto oficial de três dias
O prefeito Jairo Mariano declarou luto oficial de três dias, na manhã desta quarta-feira, 30, após ser anunciada a morte do ex-prefeito de Pedro Afonso, João Ferreira de Brito, popularmente conhecido como João Ganha Pouco. 

O ex-gestor do município faleceu na madrugada desta quarta-feira, em Goiânia, aos 89 anos. Em nota Jairo destacou o seu legado a história da administração pedroafonsina. 

Confira nota na íntegra

É com profundo pesar que o prefeito Jairo Mariano e o vice-prefeito José Ribamar Coelho, em nome de todos os pedroafonsinos, lamenta o falecimento do ex-prefeito de Pedro Afonso João Ferreira de Brito, conhecido por João Ganha Pouco, ocorrido nesta quarta-feira, 30 de maio. 

Sua partida deixa uma lacuna em nossos corações, mas sua história como cidadão pedroafonsino e político de destaque em nosso município edificou um grande legado que será levado por diversas gerações. 

Nesta ocasião de dor, nós solidarizamos com seus familiares e amigos e, em oração, pedimos que Deus ilumine o coração de cada um, com amor e esperanças.

(Com informações de Fabricio Rocha/Memória Viva)

 



 

Leia por Assunto: João Ganha Pouco Pedro Afonso
Veja Também