Cidades

SAUDADES

Cabeleireira procura pai adotivo que viveria em Pedro Afonso

07/06/2018 10h53 - Atualizado em 07/06/2018 11h19

Henrique Lopes

A cabeleireira Thanira dos Santos Gabino, moradora de Palmas (TO), possui no fundo do coração um desejo irremediável: reencontrar o pai de criação, que lhe criou até os nove anos de idade.

Thanira entrou em contato com a reportagem do Portal CNN e relatou o desejo de rever novamente o pai adotivo, por quem tem muito carinho e afeto. Ela não tem contato com o pai biológico e foi criada pelo pedreiro João Alcides Bezerra de Sousa, durante a infância, quando o pedreiro havia se casado com sua mãe Deusirene dos Santos, conhecida pelo apelido de Deusa.

Entretanto, quando do rompimento do casal, no ano 2000, quando morava em Guaraí, João Alcides mudou-se para Pedro Afonso e desde então a jovem diz não ter mais visto ele.

Há 18 anos sem encontrar o pai, seis deles sem notícia alguma, Thanira disse que as lembranças e a saudades fazem procurar pelo pedreiro e querer revê-lo. “Gosto muito dele, considero o meu verdadeiro pai, ainda tivemos contato por um tempo, mas depois acabei não tendo mais notícias”, conta.

Ainda segundo a jovem, o nome da mãe do pai de criação é Izaildes, já o pai se chamava Manoel, tendo ainda dois irmãos Ailton Adalto e Salomão. “Lembro que um dos irmãos deles, era casado com uma mulher do mesmo nome da minha mãe”.

Emocionada, a Thanira afirmou que o reencontro é uma forma de agradecimento pelos valores deixados pelo pai adotivo. “Revê-lo é algo que significa muito, pois foi uma pessoa que me ensinou os valores que carrego comigo até hoje. Pai é quem cria e é a ele que devo o que sou hoje”, destacou.

Quem tiver informações sobre o pedreiro João Alcides Bezerra de Sousa pode entrar em contato com o Portal CNN – (63) 98443-5855 (WhatsApp) ou pelo telefone (63) 9 8513-0631 (WhatsApp).