sábado, 18 de agosto de 2018
18º Min 35º Max
Pedro Afonso - TO

Segurança e Justiça

8 FACADAS

Juiz decreta prisão preventiva de homem que confessou ter matado adolescente em Pedro Afonso

06/08/2018 16h19 - Atualizado em 18/08/2018 11h35

Henrique Lopes


O juiz Milton Lamenha de Siqueira, da Comarca de Pedro Afonso, decretou a prisão preventiva de Warlei Leite Rodrigues, preso por matar o adolescente Sinézio Joaquim da Paixão Neto, de apenas 16 anos, na última sexta-feira, 3 de agosto.

Ele havia sido preso em flagrante, cerca de duas horas depois de deferir oito golpes de faca no adolescente, na Avenida Pedro Mariano dos Santos, no setor Maria Galvão.

Na tarde desta segunda-feira, 6, o delegado Bernardo Pinto disse ao Portal CNN que em seu depoimento, Warlei mostrou frieza ao assumir a autoria do crime, e que o motivo de ter matado Sinézio Nego seria ciúmes, já que o adolescente estaria tendo um caso com a sua namorada. “Durante o depoimento ele confessou o crime. Falou que foi motivado por ciúmes, pois viu os dois juntos [Sinézio Neto e a namorada de Warlei], sentados na calçada, conversando e achou que estava sendo traído”, revelou o delegado Bernardo Pinto.

Warlei Rodrigues, que deve responder por homicídio qualificado por motivo fútil, pode ser condenado a até 30 anos de detenção. Ao decretar a custódia cautelar do servente de pedreiro, o juiz Milton Lamenha de Siqueira alegou que as provas do crime estão bem materializadas e que a prisão preventiva irá evitar a prática de novos crimes, levando em consideração a gravidade do ato cometido.

Warlei Rodrigues está preso na Cadeia Pública de Guaraí, onde permanece à disposição da Justiça. Ele tem 24 anos e já tinha sido preso outras cinco vezes por crimes de furto e roubo, sendo condenado a mais de 13 anos de prisão, cumprindo cerca de dois anos da pena.

Em Pedro Afonso, Polícia Civil desvenda crime rapidamente e prende assassino de adolescente 

Veja Também