sexta, 16 de novembro de 2018
23º Min 33º Max
Pedro Afonso - TO

Cidades

PEDRO AFONSO - 171 ANOS

Emoção e reconhecimento marcam a entrega da Comenda Frei Rafael de Taggia

11/07/2018 10h56 - Atualizado em 12/07/2018 12h16

Fred Alves

Na noite desta segunda-feira, 10 de junho, uma justa homenagem foi prestada a personalidades que contribuíram para o desenvolvimento de Pedro Afonso, nas mais diversas áreas, ao longo de seus 171 anos de história. A entrega da Comenda Frei Rafael de Taggia, que recebeu o nome do fundador da cidade, foi entregue durante solenidade no auditório da prefeitura e contou com a presença dos homenageados, familiares, autoridades e várias outras pessoas da comunidade.

No total, foram prestadas 16 homenagens em vida e 10 homenagens póstumas. A entrega da honraria faz parte da programação em comemoração ao 171º aniversário de fundação de Pedro Afonso.

Emocionada, a técnica em enfermagem Glória Quixabeira, que por muitos anos trabalhou na área da saúde, disse que receber a comenda foi uma das maiores alegrias de sua vida. “Amo Pedro Afonso e sua gente. Esse é um momento muito especial”, comentou.

O coronel da reserva da Polícia Militar Luís Carlos Bucar veio de Goiânia (GO) participar da homenagem póstuma a seu pai, Florisval Rego, político e entusiasta do desenvolvimento local. Bastante entusiasmado, o militar afirmou que a Comenda Frei Rafael de Taggia é um justo reconhecimento às pessoas que contribuíram para o desenvolvimento de Pedro Afonso.

“É uma alegria muito grande participar deste momento que reconhece a atuação de pessoas que fizeram muito por Pedro Afonso”, disse o prefeito do município, Jairo Mariano.

Homenageados em vida

Almir Magalhães Rocha – uma das primeiras educadoras com curso superior de Pedro Afonso.

Anely Bortolotto – religiosa e educadora, marcando na história por sua excelente capacidade de administrar. Conquistou o respeito pelo misto de carinho e rigidez humana, destacando-se pelo apoio ao desenvolvimento cultural e religioso.

Cantunília Mendes Pinto – religiosa, de voz mansa e afável e exemplo de mulher pedroafonsina.

Celestina Delmundes Bezerra – funcionária da Funasa (Fundação Nacional da Saúde), trabalhou de promoção e prevenção a saúde.

Eduarda das Garrafadas – conhecida pelos dons de benzedeira e pela fabricação de remédios caseiros, que já ajudaram a curar diversas enfermidades.

Emiliano Câmara Portilho – agropecuarista e liderança política, sendo um dos líderes do Movimento Democrático Brasileiro durante a ditadura militar, em Pedro Afonso.

Glória Quixabeira – técnica em enfermagem carinhosa e cuidadosa com os pacientes de hospitais e postos de saúde nos quais atuou.

Luiz Caifás – tradicional carregador de água, antes da Libertação dos Jegues, há 50 anos. Atualmente é um dos cidadãos que mais trabalham em prol da manutenção do centro histórico de Pedro Afonso.

Maria Altair Reis – gestora da Escola Municipal Jandevam, que por muitos anos conduziu com maestria a mais tradicional instituição de alfabetização do município.

Maria de Loudes Carneiro Tavares (Maria Targino) – respeitada pelos saberes populares que trazem paz de espírito e saúde interior aos pedroafonsinos.

Nesina Barbosa Ribeiro – responsável pelo parto de inúmeras mulheres, numa época em que médicos e enfermeiros eram uma realidade distante no antigo Norte Goiano.

Odina Maranhão Sá de Andrade – professora renomada e guardiã histórica da memória cultural.

Pedro Cursino – atendente da famosa Casa Deusdará. Marcou época pelo seu atendimento eficiente, sempre atencioso com a comunidade.

Pedro Gomes Soares Neto – técnico de enfermagem dedicado a arte de cuidar, com destaque para o campo da obstetrícia, onde ajudou muitas crianças a nascerem.

Raimunda Rosa – professora conhecida sua maneira calma e sabedoria;

Raimundo Lopes de Oliveira (Nena) – um dos últimos carregadores de água de Pedro Afonso, que efetuou com louvor a missão de abastecer a cidade, mesmo após a implantação do sistema de saneamento.

Homenagens póstumas

Familiares participaram da homanagem póstuma a pessoas que contribuíram para o crescimento de Pedro Afonso 


Ademar Amorim – prefeito que protagonizou a célebre Libertação dos Jegues, há 50 anos.

Byron Rocha Brito – músico talentoso e de habilidade incontestável, cujo talento encantou diversas gerações na época de ouro da música local.

Erotides Costa Machado – comerciante e barqueiro, que levou condições de sobrevivência a populações ribeirinhas. Construiu a balsa particular para atender a população em tempos que a balsa maior quebrava constantemente.

Florisval Rego – político e entusiasta do desenvolvimento local, com seu programa vespertino a Voz do Tocantins.

Justino Sales – professor, comerciante e contabilista, além de vereador pedroafonsino. Escreveu lindas poesias, entre elas, o soneto "Pedro Afonso", dedicado à cidade.

Lenir Aguiar Noleto – educadora admirável, que ensinou diversas gerações da comunidade os caminhos da prosperidade.

Pedro Zanina – notável médico com suas técnicas profissionais e atendimento humanizado conquistou a admiração de todos da região.

Sebastião de Matos Lima (Sibastim) – musicista, encantava a todos com seu talento, desenvolvendo a cultura e a integração na comunidade local.

Severo Araújo dos Santos – comerciante tradicional da Rua Guimarães Natal.

Vicente Francisco de Sousa (Vicente Balinha) – tradicional barqueiro que fazia a linha fluvial na região, ligando municípios e unindo famílias.

A Comenda
Em 2018, a Comenda Frei Rafael de Taggia quis destacar um dos fatos mais importantes da história de Pedro Afonso e ressaltou os 50 anos de um acontecimento de renome nacional: A Libertação dos Jegues.

Durante a solenidade, a educadora e propagadora da história local Lídia Bethânia Rodrigues Sales falou um pouco sobre o acontecimento, momento em que outras pessoas presentes relembraram fatos curiosos do período em que a cidade não tinha água encanada, que chegava às casas trazida nos lombos dos jegue diretamente dos rios Sono e Tocantins.

A Comenda Frei Rafael de Taggia foi instituída pelo decreto 229/2017, do Poder Executivo do Município de Pedro Afonso, com o intuito de valorizar as personalidades que enaltecem a história de Pedro Afonso.

Na atualidade, a Comenda Frei Rafael de Taggia é o mais exímio reconhecimento aos cidadãos pelos relevantes serviços prestados aos pedroafonsinos.

Para elencar as honrosas personalidades, foi instituída pelo Decreto n° 230/2017, uma Comissão Avaliadora contendo um representante do Museu Histórico de Pedro Afonso, um representante do Poder Executivo Municipal e dois representantes da sociedade civil, que minuciosamente trabalharam para escolher os homenageados.

 

Veja Também