segunda, 10 de dezembro de 2018
22º Min 30º Max
Pedro Afonso - TO

Educação e Cultura

SUSTO

Veículo escolar pega fogo na zona rural de Fortaleza do Tabocão com crianças dentro

21/09/2018 21h17 - Atualizado em 25/09/2018 08h12

Um veículo escolar do município de Fortaleza do Tabocão entrou em combustão na manhã dessa quinta-feira, 21, por volta das 6h40, ainda na zona rural, quando buscava as crianças para irem à aula. Segundo o secretário de Transportes do município, João Batista, ninguém ficou ferido. “Houve apenas perdas materiais. A Kombi estava andando normal, quando apagou já pegou fogo”, relatou.

O ex-prefeito de Fortaleza Tabocão, João Cirino, disse que o carro foi inteiramente consumido pelo fogo, bem como materiais escolares das crianças, inclusive um par de sandálias de uma delas. “Essas Kombis foram compradas agora no início do ano, numa licitação que ninguém sabe como foi feita. Foram adquiridas duas Kombis velhas, fora de linha, com a borracha do vidro pintada, maquiada para vender à prefeitura e o que se comenta é que foi gasto R$ 40 mil em cada”, denunciou o ex-gestor que contabilizou seis crianças no veículo.

Questionado sobre a condição dos veículos, o secretário de Transportes disse que eram “ótimas”, mas perguntado sobre as condições de aquisição, João Batista orientou a reportagem do Portal CNN a entrar em contato com o responsável pelo setor de compras da Prefeitura de Tabocão, mas as ligações não foram atendidas.

Ainda de acordo com o ex-prefeito do município, João Cirino, as vans não passaram na vistoria do Detran realizada em abril deste ano.

Já a secretária municipal de Educação, Elda Cardoso, garantiu que os estudantes que tiveram os materiais escolares queimados, serão ressarcidos na próxima segunda-feira, 24. “Tinha apenas quatro crianças no veículo e nem todos os materiais foram queimados. Já compramos bolsa, caderno, lápis e até a sandália da criança que perdeu no incêndio”, disse contradizendo João Cirino em relação à quantidade de pessoas no veículo.

O Portal CNN também tentou contato com o motorista do veículo, mas o celular dele encontrava-se desligado.


Veja Também