Segurana e Justia

POPULAO E AUTORIDADES

Audincia em Itacaj discute segurana pblica

12/10/2018 07h56

Autoridades e moradores participaram na noite da última quarta-feira, 10, de uma audiência sobre Segurança Pública, realizada na Câmara de Vereadores de Itacajá.
O evento teve como objetivo discutir estratégias de enfrentamento à criminalidade e à violência, bem como elaborar ações conjuntas que envolvam a participação das forças de segurança, atuando com o Ministério Público e demais órgãos estaduais, voltados para a matéria.

Participaram o delegado regional de Polícia Civil de Pedro Afonso, Bernardo José Rocha Pinto, o promotor Luiz Antônio Francisco Pinto, representando o Ministério Público Estadual (MPE), o major Carlos Magno Gomes da Costa, comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar, além de representantes do Detran, Defensoria Pública, FUNAI e comunidade em geral.

A audiência teve início às 19 horas e foi fruto de requerimento unânime apresentado pelos vereadores do município de Itacajá, para a busca de soluções práticas que possam resultar em mais segurança para a população daquela cidade.

Para o delegado regional Bernardo José Rocha Pinto, a iniciativa foi muito importante para a aproximação dos órgãos de segurança pública que atuam nos municípios, possibilitando a realização de ações conjuntas e que tenham como único e exclusivo objetivo promover a segurança de toda a população local.

O delegado também ressaltou a importância da ação promovida pela Câmara de Vereadores. “O município também tem responsabilidade sobre a Segurança Pública e ações como essa nos levam a crer que a cidade de Itacajá não está se furtando às suas obrigações, por isso foi fundamental a participação da Polícia Civil durante o evento, porque tivemos a oportunidade de ouvir as reivindicações da população local e isso só tem a colaborar para que possamos prestar um serviço policial com ainda mais qualidade aos cidadãos do município”, concluiu.

Durante a audiência, o Promotor de Justiça Luiz Antônio Francisco Pinto destacou que a segurança pública é um dever não só da União e do Estado, mas também dos municípios, que têm a responsabilidade de implementar políticas públicas nesse sentido, e também dos cidadãos. Além disso, ressaltou o bom trabalho da Polícia Militar de Itacajá, mas reconheceu a necessidade de um efetivo mais adequado, pois a presença ostensiva da PM diminui os índices de homicídios e lesões corporais, bem como de crimes contra o patrimônio. Em relação à Polícia Civil, o representante do MPE pontuou a urgência para a melhor estruturação física e de pessoal do órgão.

Uma nova audiência pública será realizada em breve nas aldeias indígenas que circundam o município de Itacajá, com o intuito de tratar do combate à violência e à criminalidade em geral, nas terras indígenas. (Com informaçoes da SSP e do  MPE/TO)