quarta, 16 de janeiro de 2019
23º Min 30º Max
Pedro Afonso - TO

Segurança e Justiça

CHIBIU E CIA

Polícia Civil conclui investigação sobre assassinato ocorrido em 2016, no setor Aeroporto II

12/12/2018 08h28 - Atualizado em 20/12/2018 10h18
Polícia Civil conclui investigação sobre assassinato ocorrido em 2016, no setor Aeroporto II Chibiu, que está preso por outro crime, é apontado como autor de homicídio

A Polícia Civil de Pedro Afonso concluiu na última semana as investigação que apurava o homicídio do ajudante de pedreiro Jociel de Sousa Primo, de 21 anos, ocorrido no final de abril de 2016. O inquérito estava sobre a responsabilidade do delegado Gilberto Augusto Silva e foi encerrado no dia 06 de dezembro.

As investigações demonstraram que Jociel foi assassinado pelo desempregado César Xavier Tranqueira, vulgo “Chibiu”, de 23 anos, após uma briga entre os dois em um bar que funcionava no setor Aeroporto II, bairro mais populoso da cidade de Pedro Afonso.

Conforme o delegado Gilberto Augusto Silva, responsável pelas investigações, durante os depoimentos colhidos ficou demonstrado que após a briga, “Chibiu” e mais três comparsas perseguiram Jociel até um matagal próximo ao córrego Ribeirão, onde a vítima caiu e foi esfaqueada por “Chibiu” até a morte.

Ainda segundo o delegado, que concedeu entrevista exclusiva ao Portal CNN, tendo em vista a grande sucessão de delegados na cidade de Pedro Afonso, entre os anos de 2016 e 2018, a continuidade das investigações deve-se muito ao comprometimento do agente de polícia Domingos Gomes dos Santos Neto. “Que não cessou de colher informações sobre os fatos até a sua conclusão”, destacou o delegado.

Atualmente, César Xavier Tranqueira, o “Chibiu”, encontra-se indiciado e preso preventivamente pela participação em outro homicídio, que vitimou o lavrador Amilton Alves de Souza, 29 anos, também no setor Aeroporto II, em outubro deste ano. “Apesar desse fato, nova representação por prisão preventiva foi encaminhada ao Poder Judiciário por conta do assassinato de Jociel Souza Primo”, explicou o responsável pelo caso.

O delegado ainda informou que os comparsas de Chibiu também foram identificados, sendo eles: Robson Xavier Tranqueira, que é irmão de “Chibiu”, Jeferson Souza Costa e um outro rapaz de 21 anos, que foi assassinado em dezembro de 2017.

Robson Tranqueira, de 22 anos, cumpre prisão temporária na Cadeia Pública de Guaraí, por envolvimento na morte de Jociel. Já o Jeferson Costa, de 21 anos, cumpriu prisão temporária de 30 dias durante as investigações do caso, mas foi liberado e responde em liberdade pela participação no crime.

Relembre o caso
Em abril de 2016, o corpo do ajudante de pedreiro Jociel de Sousa Primo, 21 anos, foi encontrado pela equipe da Polícia Militar após passar dias desaparecido.

Segundo relatos, os acusados pelo assassinato do ajudante de pedreiro entraram na casa onde Jociel residia com a família, localizada no setor Aeroporto II, e o levaram à um matagal, após agredi-lo juntamente com o seu pai, que chegou à ficar hospitalizado.

Dias depois, o corpo do jovem foi encontrado por populares em uma mata ciliar próxima ao córrego Ribeirão, em uma área de chácaras ao fundo do setor onde residia com diversas perfurações no tórax e na região da virilha.
 

Veja Tamb�m