Cidades

VISITA IMPORTANTE

Depois de quase 50 anos, voluntrio holands voltar a Pedro Afonso

16/02/2019 08h44 - Atualizado em 16/02/2019 18h29
Depois de quase 50 anos, voluntrio holands voltar a Pedro Afonso
Jovens holandeses realizaram importante trabalho em Pedro Afonso

Henrique Lopes

Na próxima quarta-feira, 20 de fevereiro, desembarca novamente em solo pedroafonsino Gerard Schipper, um dos três voluntários holandeses que desbravaram a cidade de Pedro Afonso na década de 60, com o objetivo de desenvolver pesquisas sobre cultura, sociedade, língua, costumes, economia e agricultura.

Conhecido como Jovens Voluntários Holandeses, os amigos Martien Van Nistelrooij, Paul Zuidgeest e Gerard Schipper chegaram a Pedro Afonso, na época norte goiano, em 1967, cidade onde residiram até junho de 1969. Período em que deram início ao projeto agrícola da Escola Agro Artesanal – depois Colégio Estadual Agrícola Dr. José de Sousa Porto e atualmente o local onde funciona o Campus Pedro Afonso do IFTO –, criada por Dom James Collins, com foco no desenvolvimento de tecnologias para a agricultura local e na busca de melhoria das atividades agrícolas, pesquisa, gestão, formação de pastagens, uso de novas tecnologias, entre outros objetivos.

A visita de Gerard Schipper a Pedro Afonso deve durar cerca de dois dias, segundo o amigo de longa data e anfitrião, o ex-prefeito de Pedro Afonso, José Edgar de Castro Andrade, que hospedará o holandês com o filho Marcel, que acompanha o pai de volta ao coração do estado do Tocantins.

José Edgar disse ao Portal CNN que é grande a expectativa para o retorno do voluntário holandês a Pedro Afonso. “Esperamos que Gerald e seu filho Marcel, que o acompanha nesta viagem de retorno às raízes, se sintam em casa na nossa Pedro Afonso, pois é uma pessoa que tem serviços prestados à nossa comunidade, em uma época em que os tempos aqui eram difíceis”, declarou.

A visita de Gerard Schipper também foi bastante comemorada nas redes sociais por pessoas que o conheceram e admiradores.