Educao e Cultura

MINHA CARREIRA

Fique sempre de olho no mercado de trabalho, mesmo que no esteja procurando emprego

26/02/2019 17h04 - Atualizado em 28/02/2019 14h35

Mônica Barcelos
Analista de RH, Escritota e Coach de Carreira
[email protected]

Você está bem no seu emprego, se sente valorizado pela sua empresa e tem um bom relacionamento com seus pares superiores e subordinados. Logo, você não precisa se preocupar com o mercado, certo? Errado!

O mercado já não vê com bons olhos o profissional que fica acomodado durante muito tempo na mesma função na mesma empresa. E mesmo que você esteja tendo um ótimo desenvolvimento de carreira em sua atual empresa, de uma hora para outra, tudo pode mudar. Mudanças macroeconômicas que afetam mercado como um todo, sua indústria (ex: novos concorrentes) ou especificamente sua empresa, tais como uma fusão ou mudança de liderança, podem fazer com que seu trabalho, de repente, deixe de ser tão atraente.

Seja para enfrentar adversidades ou estar preparado para novas oportunidades, é importante que o profissional invista sempre em sua empregabilidade. Para isso, além de investir no seu desenvolvimento profissional através de cursos e certificações, o profissional deve investir cultivar e ampliar sua rede de contatos constantemente, para que tenha maiores chances de ser notado pelo mercado.

Algumas dicas para se manter sempre preparado para a próxima oportunidade:

Mantenha seu LinkedIn e CV atualizados. Além de atualizar seu LinkedIn com seus projetos, cursos e atividades profissionais mantenha-se “atraente” para os recrutadores e headhunters. O LinkedIn não é só um CV online, é uma rede social. Use-o como tal, para se conectar com pessoas, encontrar profissionais com interesses semelhantes e ser notado pelo mercado. Compartilhe matérias interessantes sobre carreira, economia, sua indústria ou empresa e aproveite oportunidades para se conectar, sempre que possível, com seus contatos, tais como quando o LinkedIn avisa que um contato trocou de emprego ou fez aniversário de trabalho. Seu CV também deve estar sempre preparado para ser enviado mesmo se você não estiver ativamente buscando oportunidades.

Invista no networking. Todas as dicas sobre networking devem ser utilizadas sempre e não somente quando você está buscando oportunidades. Procure sempre oportunidades para conversar com pessoas que trabalham em outras áreas de sua empresa, com clientes, fornecedores, ex-colegas de faculdade, colegas da pós-graduação, pessoas que trabalham na área ou na empresa em que você gostaria de trabalhar no futuro. Não espere que o acaso te ajude a ter uma chance de conversar com alguém. Seja pró-ativo e convide os profissionais para um café, almoço ou happy hour e faça desses encontros parte de sua rotina profissional.

Se antecipe às possíveis mudanças. Mesmo que não seja parte do seu trabalho, saiba sobre os produtos da sua empresa, como eles são produzidos, quem são seus principais clientes e concorrentes. Assim, quando você vir uma notícia específica sobre sua indústria ou geral sobre política ou economia, você saberá como sua empresa será afetada positiva ou negativamente e você poderá se antecipar às possíveis mudanças. Por exemplo, se o dólar se valoriza em relação ao real e sua empresa depende de importações de matérias primas, seus custos de produção irão subir. Nesse caso, a empresa se tornará menos competitiva. Se escolher não repassar o aumento de custos aos clientes, terá que cortar custos internamente e este corte de custos pode incluir corte de pessoal. Claro que nem toda mudança significa uma ameaça ao seu emprego, mas se uma empresa cresce num ritmo menor, você eventualmente terá menos oportunidades de crescimento profissional.

Esteja atento às tendências do mercado. O mercado é dinâmico e costuma exigir cada vez mais do profissional. Fique sempre por dentro das qualificações necessárias para uma posição similar ou acima da sua. Quando você foi contratado há 5 anos, pode ser que inglês e certificações não fossem necessários para uma posição de gestão de projetos, por exemplo, mas hoje, as empresas que oferecem as melhores posições podem fazer esta exigência. Converse sempre com headhunters para saber o quê as empresas esperam de profissionais da sua área e/ou indústria e se atualize para estar sempre dentro dos requisitos.

Participe de associações, congressos, grupos de ex-alunos. O importante é ter a oportunidade de falar sobre seus feitos profissionais, conhecer a experiências de outras pessoas, aprender sobre inovações e boas práticas na sua área de atuação e fazer networking.Quanto mais você utilizar oportunidades para 'aparecer' maiores suas chances de ser lembrado quando surgirem oportunidades com o seu perfil.

Nem sempre um profissional que vem tendo sucesso na carreira tem uma boa empregabilidade. Estar preparado para o mercado é essencial para profissionais em todos os níveis e com todos os tipos de ambição de carreira.

Como anda seus esforços para manter sua empregabilidade? Se você precisasse recorrer ao mercado hoje, se recolocaria rapidamente? Compartilhe conosco suas experiências e dúvidas!

Saiba mais: www.monicasbrh.wixsite.com/monicabarcelos

Fonte de pesquisa:
Carreira e você , http://www.carreiraevoce.com/2014/03/5-dicas-para-manter-sua-empregabilidade.html