Educao e Cultura

AR-CONDICIONADO

Escola Jandevam evacuada aps incio de incndio

13/02/2019 18h16 - Atualizado em 15/02/2019 15h24

Da Redação

As aulas da Escola Municipal Jandevam, uma das instituições de ensino mais tradicionais de Pedro Afonso, que celebrará 43 anos no próximo dia 23 de fevereiro, foram interrompidas na tarde da quarta-feira, 13, após um princípio de incêndio em uma das salas de aula.

A reportagem do Portal CNN apurou que um dos aparelhos de ar condicionado da sala do 5˚ Ano “D” apresentou problemas elétricos o que deu início as chamas, que se alastraram pelo forro do teto, mas foram contidas minutos depois.

Ao perceber o fogo, a professora da turma, composta por 28 alunos, esvaziou a sala e a equipe da unidade escolar evacuou o pavilhão onde a sala estava localizada, sem que ninguém ficasse ferido.

A gestora da Escola Municipal Jandevam, Jawa Maria Sampaio C. de Oliveira, que no momento do incêndio estava no laboratório de informática da escola, contou ao Portal CNN que o principio de incêndio começou por volta das 14 horas. “As crianças e a professora escutaram um barulho e viram uma faísca seguido de fumaça e assustados já começaram a gritar e sair para fora da sala. Nenhuma criança chegou nem a ver o fogo dentro da sala de aula”, relatou.

Jawa Sampaio contou que, após a evacuação da sala, em que era ministrada uma aula de matemática, entrou na sala e começou a tirar os materiais das crianças. “Foi nesse momento que o fogo começou, pois antes estava apenas uma fumaça saindo do ar-condicionado. Logo ligamos para a Polícia Militar e para a Secretaria Municipal de Educação. A polícia chegou com extintores e conseguiu controlar o fogo junto com pessoas que trabalhavam aqui próximo”, contou.

Momento de pânico
Nas redes sociais, funcionários e pais de alunos matriculados na unidade escolar comentaram o caso. “Muita gente viu a fumaça preta subindo no telhado e correu pra a escola. Os alunos tinham acabado de entrar na sala de aula”, relatou uma internauta lembrando que, felizmente, ninguém se feriu.

Em outras mensagens pais de alunos relataram os momentos de pânico vividos dentro da escola. “Os pais dos alunos chegaram muito rápido e subiram no telhado para apagar o fogo no forro. Foi muita correria, mas conseguiram conter as chamas antes de se alastrar. Uma funcionária correu e desligou a caixa do padrão de energia”, descreveu outro comentário.

Prefeitura apura o caso
Em nota, a Prefeitura de Pedro Afonso, por meio da Secretaria Municipal de Educação, comunicou que o fogo teve início em um dos condicionadores de ar da sala do 5˚ ano “D”, entretanto foi contido minutos depois e que, apesar dos danos materiais, nenhuma criança ou funcionário da escola foi alcançado pelo fogo, já que a área atingida foi esvaziada nos primeiros sinais do foco de incêndio.

A Secretaria Municipal de Educação ressaltou, também a preocupação com a integridade de seus alunos e funcionários e afirma que os aparelhos de condicionadores de ar passam por manutenções constante, tendo a última sido realizada em janeiro deste ano.

Segundo o documento, no início deste ano de 2019 a Escola Municipal Jandevan recebeu obras de revitalização com pintura e substituição de condicionadores de ar, com investimento de R$ 70 mil nas obras de melhoria do prédio, que incluiu a troca de oito dos 11 aparelhos de condicionadores de ar instalados na unidade.

De acordo o Executivo Municipal, equipes da Prefeitura de Pedro Afonso realizam o rescaldamento e o isolamento elétrico do pavilhão em que a sala atingida está localizada e aguardam a perícia técnica para apurar as causas do início do incêndio para que sejam tomadas todas as providências cabíveis.