Cidades

SALOBRA

Moradores de Pedro Afonso reclamam da qualidade de gua; Sisapa nega problemas

19/02/2019 13h44 - Atualizado em 21/02/2019 10h46

Fred Alves

Além de ter que lidar com a falta constante – há relatos de residências que ficaram até quatro dias ser o serviço –, moradores de Pedro Afonso também se queixam da qualidade da água que recebem em suas casas.

Em uma mensagem enviada ao Portal CNN, uma dona de casa afirmou que seus dois filhos tiveram dor de barriga e apontou a água como causadora do problema. “Essa água salobra tá dando dor de barriga nas crianças”, disse.

Nas redes sociais, vários moradores também comentaram que a água tem gosto diferente do normal, coloração turva e um cheiro forte de produto químico. Um morador afirmou que o Sistema de Abastecimento de Água de Pedro Afonso (Sisapa) estaria coletando ,um poço artesiano que anos atrás abastecia a cidade e era conhecido por ter a água salobra com gosto desagradável e um certo sabor de sal.

Em nota enviada ao Portal CNN, o Sisapa afirmou que utiliza água do poço artesiano apenas para manutenção e na lavagem dos filtros da Estação de Tratamento de Água (ETA) e que após o procedimento, ela é descartada e não chega ao consumidor.

O órgão ainda assegurou que a água fornecida aos pedroafonsinos passa por análises diárias realizadas por uma química e mensalmente, amostras são coletadas e analisadas por laboratórios contratados.

Já sobre as constantes reclamações sobre a falta de água, o Sisapa desconhece casos em que consumidores passaram mais de três dias sem nenhum tipo de fornecimento de água.

Veja a nota enviada pelo Sisapa:

NOTA

O Sistema de Abastecimento de Água de Pedro Afonso informa que foi feita uma encanação da água do poço artesiano para ser usada na manutenção e sistema de lavagem dos filtros da Estação de Tratamento de Água (ETA), tendo em vista a otimização do período de lavagem, já que a limpeza dos filtros é feita com água tratada, o que ocasiona a interrupção do sistema de abastecimento e subsequente envio de água às torneiras do cidadão, até que os reservatórios sejam recuperados. Desta forma, após a lavagem dos filtros a água é descartada e não chega ao consumidor.

O Sisapa informa que a água fornecida aos consumidores de Pedro Afonso passa por análises diárias, realizadas por uma química lotada na Estação de Tratamento de Água (ETA), onde são feitos testes e medições de cloro, sulfato de alumínio, turbidez e cor aparente.

Já mensalmente, amostras de água são coletadas e analisadas por laboratórios contratados pelo Sisapa que, além dos parâmetros medidos diariamente, avaliam a qualidade fisioquímica e microbiológica da água, comprovando que a água fornecida atende a portaria 2.914, de 12 de dezembro de 2011, do Ministério da Saúde, que trata sobre as normas do fornecimento de água para consumo humano.

O Sisapa vem trabalhando e investindo na melhoria do sistema para garantir que os problemas enfrentados pelos cidadãos sejam amenizados e solucionados. Desta forma, tem realizado a ampliação da Estação de Tratamento de Água, com a implantação de dois novos filtros e dois pré-filtros, que devem ser entregues no prazo de 120 dias. Além disso, obras como a ampliação da rede de abastecimento, estão sendo realizadas na cidade para garantir que a água chegue a todos os consumidores.

Sobre a diminuição da tarifa, devido às falhas no abastecimento, o Sisapa informa que, mesmo com o problema de diminuição da pressão, desconhece casos em que consumidores passaram mais de três dias sem nenhum tipo de fornecimento de água. Ressalta ainda que o consumidor pedroafonsino paga a sua tarifa de acordo ao consumo de água hidrometrada, ou seja, efetuando o pagamento apenas pelos metros cúbicos consumidos.

Ressaltamos ainda que a taxa mínima de R$ 22,50 é a menor do estado, em comparação a outras empresas que efetuam o mesmo serviço de tratamento e distribuição de água, inclusive de Bom Jes
us do Tocantins que é de R$ 38,50 e Tupirama R$ R$ 45,06.

Leia também;
Sisapa cita limpeza de filtros para justificar falta de água

 

Leia por Assunto: Pedro Afonso Sisapa qualidade salobra gua