terça, 19 de março de 2019
24º Min 32º Max
Pedro Afonso - TO

Segurança e Justiça

VIGILÂNCIA COM CÂMERAS

3º BPM e Conseg buscam apoio para implantar videomonitoramento em Pedro Afonso

06/03/2019 11h08 - Atualizado em 07/03/2019 15h09

Da Redação

O 3º Batalhão da Polícia Militar e o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) estão realizando reuniões com representantes do poder público e de empresas privadas para apresentar e buscar apoio financeiro ao projeto de implantação do sistema de videomonitoramento em Pedro Afonso, que tem custo estimado em R$ 130 mil. A meta é que o serviço sejaefetivado até o final do primeiro semestre de 2019.

O projeto já foi apresentado ao prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano (PDT), à diretoria da Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Coapa) e ao Sicredi Pedro Afonso. Ainda serão visitadas outras instituições financeiras, Câmara Municipal de Pedro Afonso, Ministério Público Estadual, o Poder Judiciário e empresários da cidade.



“Até o momento, todos que conheceram o projeto, aprovaram e se comprometeram a colaborar”, informou o comandante do 3º BPM, major Magno.


O sistema
A intenção é instalar 39 câmeras móveis em vários pontos estratégicos, de modo a contribuir com o serviço preventivo realizado pelas forças de Segurança Pública. Todas as câmeras serão conectadas a uma central gerida pelo 3º BPM, por meio de sinal de transmissão de imagens e dados por rádio frequência.

“O projeto de implantação do sistema de videomonitoramento trará um avanço para o município de Pedro Afonso no que se refere às ações de segurança pública, se destacando como um ferramenta moderna e eficaz de auxílio à prevenção aos diversos tipos de delitos, seja comum, de trânsito, ou até os mais complexos, como os ataques do denominado ‘Novo Cangaço’, aumentando a percepção de segurança por toda a comunidade”, disse o comandante do 3º BPM, major Magno, lembrando que o sistema vai possibilitar ainda celeridade no atendimento às solicitações diversas decorrentes dos atendimentos recebidos por meio da central da Polícia Militar.

Ainda segundo o major Magno, um exemplo de como o monitoramento por câmeras é eficaz ocorreu no município de Lago da Confusão, que sofria com roubos a bancos no estilo “Novo Cangaço”, chegando a registrar dois eventos desta natureza em um único ano, e eliminou estas ocorrências após implantação do videomonitoramento urbano.

No ano de 2017, o comandante do 3º BPM e o prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano (PDT), conheceram o projeto de Lagoa da Confusão e adquiriram conhecimento prático da aplicação desta ferramenta ouvindo pessoas engajadas na ação quanto aos resultados obtidos. A cidade alcançou cerca de 80% de redução no número de ocorrências como furtos e roubos.

 

Veja Tamb�m