Educao e Cultura

FOQUE EM VOC

Cuidado, voc no a Betina!

26/03/2019 11h38 - Atualizado em 04/04/2019 17h47

Marcos André Silva Oliveira - Professor de Português e Advogado

Cuidado, a internet e sua incrível força em transformar alhos em bugalhos, em glamourizar tudo, até mesmo as tragédias mais dolorosas, pode deprimir quem se limita “apenas” a sangrenta tarefa de existir. Com seus inúmeros filtros ela transforma as fotos e a vida alheia no oásis que faz parecer que somente você não venceu. Em suma, é necessário muito cuidado para não mergulhar na tristeza absoluta porque aos 22 anos ainda não foi possível conseguir ter a fortuna de 1 milhão e 42 dois mil reais, que somente a Betina foi capaz de construir.

Não é preciso mergulhar no autoflagelo, na decepção consigo mesmo, não é necessário se culpar, é salutar entender que todos, podemos ser a Betina. Claro, em lugares e com histórias e superações diferentes. Cada um constrói seu milhão quando consegue deixar de passar fome e começa a se alimentar dignamente, passamos a ser milionários quando migramos da condição de cidadãos sem nenhuma perspectiva e terminamos o ensino médio por meio da Educação de Jovens e Adultos, somos exemplos de superação quando finalmente nos livramos de um relacionamento abusivo e percebemos que podemos ser amados sem espancamentos, sem cobranças doentias, em suma, cada um de nós, à sua maneira consegue ser sua própria fortuna.

Não, o texto não é contra a Betina, na verdade eu nunca tinha visto o anuncio até o final, eu sempre pulo, não apenas a Betina, eu pulo carros, como chapar a barriga em 15 dias, clareamentos dentários e quase todos eles, meu tempo é bem corrido, então eu nunca paro para prestar atenção. O texto nasce quando percebi muitos alunos deslumbrados com a Betina e com um complexo de inferioridade por não serem afortunados tais como ela. É preciso entender, que todos os dias, e cada um em suas particularidades estão apostando na bolsa de valores de uma vida sofrida, estamos todos buscando superar limites e construir milhões, mesmo que não sejam os que ficam depositados em bancos.

É necessário com urgência que além da Betina do milhão, sejamos uma sociedade focada em sermos mais detox, mais preocupada em nos afortunamos em sentimentos humanos, em trabalharmos na busca da construção da empatia, em apontarmos menos os dedos e nos abraçarmos mais.

Porque, somos em suma uma construção individual que é projetada para viver de forma coletiva, e eu só posso contribuir com o meio social quando eu mesmo for um produto único, bem formulado e bem resolvido, e definitivamente, só se realiza quem consegue entender que cada história é como o sapatinho de cristal, só cabe em um único pé, portanto entenda, você não é a Betina, mas é um universo de possibilidades e sem sombra de dúvidas é a inspiração de alguém, então foque em você...