Cidades

TALENTO NA COZINHA

Rafaela Sandri, de Pedro Afonso, mostra os temperos do Tocantins no The Taste Brasil

09/04/2019 18h58 - Atualizado em 02/05/2019 10h32

Henrique Lopes

Junte feijão, jaca, filé de peixe, hibisco e ingredientes básicos de uma receita. Agora, pegue uma chefe de cozinha ousada e criativa, que mesmo com um dos itens não chegando ao ponto na hora da prova, não deixa a peteca cair e apresenta um prato digno dos melhores restaurantes brasileiros. Assim foi a apresentação de Rafaela Sandri Magalhães Rocha, de 25 anos, durante o primeiro episódio do reality show The Taste Brasil, exibido pelo canal pago GNT. A tocantinense arretada, filha de família tradicional de Pedro Afonso, mas que reside há dois anos em São Paulo, faz parte do seleto grupo de 12 cozinheiros do programa tendo como mentores os chefes Claude Troisgros, Helena Rizzo, André Mifano e Felipe Bronze.

Para Rafaela, ser uma das selecionadas para participar da competição culinária tem sido uma experiência incrível. “Ter sido escolhida pelos dois chefs mais renomados da gastronomia foi meu ápice de felicidade”, afirma.

Sobre a estreia no programa a jovem, que cresceu amando bons pratos e uma mesa farta, rodeada de familiares e amigos, afirma que ficou com medo, porém manteve a calma e conseguiu apresentar o prato, mesmo com ajustes feitos em cima da hora. “Assim que comecei a cozinhar deu errado o gel, mas mantive a calma e consegui reverter a situação, mas não é fácil. Em uma cozinha profissional você tem tempo para fazer e para corrigir, já no jogo temos apenas uma hora para fazer tudo”, destaca a pedroafonsina ao afirmar que todos os chefes escolhidos fizeram algo diferente para estar lá.

Formada em gastronomia, a jovem que já cozinhou em diversos restaurantes e gosta de misturar sabores e essências, conta ainda que diferente de outros reality show, o The Taste escolhe os melhores profissionais e só passando por este processo de seleção é possível chegar até o programa. “Alguns ali tinham mais que minha idade de profissão e confesso que os concorrentes são fortes, mas não há nada mais difícil do que o nervosismo e o tempo”.

Perguntada sobre as preferências culinárias, a pedroafonsina que escolheu o dom com os alimentos como profissão, descreve seu estilo como “raiz”. “Gosto de usar técnicas, no jogo eu fui elogiada por usar bochecha de peixe, gosto de agregar valor em ingredientes desvalorizados”, ressalta como sendo um dos seus diferenciais e também o maior desafio dentro da cozinha.

Que o tempero do Tocantins sempre guardou sabores únicos e que descrevem muito bem a vivência da nossa terra, a gente já sabe, e é por isso que chefe de cozinha, que já deixou a sua marca nas cozinhas de restaurantes nacionalmente conhecidos e super badalados, afirma que a culinária de seu estado está sempre enraizada em seu paladar. Aspecto esse que tem sido usado para atrair a atenção dos jurados da competição. “Na prova usei jaca, substituindo a tradicional banana. Jaca é uma fruta que temos muito aí [no Tocantins], mas não temos o conhecimento para usar ela grelhada com peixes ou carne suína que fica incrível”, conta.


Rafaela revela ainda que um dos segredos para a competição é aproveitar o máximo dos sabores da sua terra natal. “Tentarei usar nossa culinária, porém terei que usar e ousar do tempo e de como serão a exigências para as próximas provas”, descreve.

Com o foco inteiro no jogo, a chefe afirma que ainda não pensou na repercussão da sua participação no programa nacional, mas que espera colher bons frutos e oportunidades. “No momento estou em êxtase e focada no jogo, depois vejo como vai ser daqui pra frente, mas espero que o jogo possa mudar minha vida profissional, pois minha vida pessoal já foi agregada só por poder conhecer tantas pessoas incríveis como os participantes”, completa.

Para acompanhar Rafaela Sandri, que faz parte do time da ex-modelo e chef de cozinha brasileira, Helena Rizzo, eleita a melhor chef mulher do mundo em 2014, basta assistir ao programa que vai ao ar todas as quintas-feiras, a partir das 22h30, com reprise as sextas-feiras, às 1h45 da madrugada, no Canal GNT. Quem vencer o programa recebe um prêmio de R$ 100 mil. 

 

Leia por Assunto: Pedro Afonso Rafaela SandriThe Tast Brasil