Educao e Cultura

POR TEMPO INDETERMINADO

Educadores de Guara entram em greve a partir de 2 de maio

24/04/2019 11h47 - Atualizado em 26/04/2019 08h14
Educadores de Guara entram em greve a partir de 2 de maio
Foto: Guara Notcias

Os educadores da Rede Municipal de Ensino de Guaraí decretaram greve por tempo indeterminado, a partir do dia 2 de maio. A decisão da categoria, defendida pelo Sindicato do Trabalhadores em Educação do Tocantins (Sintet), foi tomada na terça-feira, 23, em assembleia geral, realizada na Câmara de Vereadores de Guaraí.

A categoria já havia se reunido em assembleia no último dia 15, na Câmara de Vereadores, onde foi retomada a discussão sobre a necessidade de abertura do movimento paredista. Os profissionais reivindicam o cumprimento da Lei do Piso Salarial do Magistério, manutenção do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR) e cobram ainda o pagamento de retroativos da data-base pendentes, referente ao ano de 2017.

Os educadores lutam há mais de dois anos, sem qualquer acordo ou avanço com a gestão municipal sobre a pauta de negociações da Educação. A data-base 2019, com índice de 2,37% foi incluída na pauta de reivindicações, visto que a mesma deve ser aplicada no próximo mês de maio.

Segundo a presidente do Sintet Regional de Guaraí, Iolanda Bastos, a decisão pela greve é o último recurso que a classe tem para tentar forçar uma negociação. “Nós já tentamos de todas as formas negociar, mas nossas reivindicações não são atendidas e se quer fomos chamados para discutir a correção da data-base 2019. Infelizmente nos resta apenas a greve geral”, disse Iolanda.


 

Leia por Assunto: Greve professores Guara