Cidades

DEIXA SAUDADES

Luiz Caifz, patrimnio vivo de Pedro Afonso, morre aos 88 anos

23/07/2019 08h55 - Atualizado em 25/07/2019 17h21

Fred Alves

Quem via os passos lentos e aparência frágil daquele idoso não imaginava a disposição que ele tinha. Mesmo aos 88 anos de idade, fazia chuva ou sol, Luiz de Sousa Santos, o Luiz Caifáz, podia ser visto diariamente cuidando na Praça da Igreja Matriz São Pedro. Trabalho que realizou com zelo e sem remuneração por décadas, simplesmente pelo desejo de ajudar.

O homem, que apesar da idade avançada não parava, finalmente descansou na madrugada da terça-feira, 23 de julho, devido a complicações cardíacas, no Hospital Regional de Palmas, onde estava depois de ter sido encaminhado de Pedro Afonso, reclamando de falta de ar.

Filho de Jose Cândido dos Santos e Mamedia de Souza Santos, Luiz Caifáz nasceu em 30 de dezembro de 1930, no município de Tupirama. O aposentado nunca se casou e nem teve filhos.

O velório ocorreu no auditório da Prefeitura de Pedro Afonso e o sepultamento no cemitério local, ainda na terça-feira, 23.

Em Pedro Afonso, Luiz Caifáz trabalhou em propriedades rurais, porém se notabilizou como “botador de água”, trabalho realizado por carregadores no período em que a cidade não possuía água tratada e ela era levada para as residências no lombo de jegues.


 

Leia por Assunto: Luiz Caifz LutoPedro Afonsopatrimnio vivo