Segurana e Justia

MISTURA BRASILEIRA

Projeto une cultura e educao para integrar reeducandas

22/06/2019 08h48 - Atualizado em 03/07/2019 17h02
Projeto une cultura e educao para integrar reeducandas
Atividade foi realizada por professoras prestam servios na Unidade Prisional Feminina de Pedro Afonso

Henrique Lopes

Seja pelas celebrações, pela dança ou pelas comidas típicas, as festas juninas fazem parte da cultura do Brasil e atraem a atenção neste mês de junho.

Pensando nisto, professoras da Escola Estadual Ana Amorim resolveram unir a tradição ao conhecimento, e realizaram no dia 19 de junho, o projeto “Mistura Brasileira: Construindo Saber”, com o objetivo de contribuir para o sucesso do processo de ressocialização e de educação das reeducandas acolhidas na Unidade Prisional Feminina de Pedro Afonso.

A ideia central das professoras Beatriz Pereira Amorim Santos, Daniele da Silva Araújo, Marta dos Reis Azevedo Pires, Maria do Socorro Dias e Rosemary Fernandes da Silva Medeiros foi levar para dentro da prisão os tradicionais festejos presentes no calendário cultural de todo o Brasil, de forma a incentivar o gosto pelas festas juninas, oferecendo oportunidade de descontração, socialização e ampliação do conhecimento através de atividades diversificadas.

A mobilização reuniu professoras prestam serviços na Unidade Prisional Feminina, além de servidores e membros da comunidade de Pedro Afonso. Durante o projeto 15 reeducandas produziram um varal de trava línguas, bandeirinhas com adivinhas, versos temáticos e construíram e fizeram leituras de cordel e também realizaram apresentações de dança, que contou ainda com casal caipira e momento de degustação de comidas típicas.

Segundo a professora Rosemary Fernandes da Silva Medeiros o foco principal é transmitir à valorização às reeducandas. “Para que se sintam inseridas na vida que acontece fora dos muros da unidade prisional, sendo a educação uma das principais ferramentas para isso”, destacou.