Educao e Cultura

INGLS

Aprendendo Idiomas nas Escolas inicia aulas em Pedro Afonso

20/08/2019 17h28

Na noite desta segunda-feira, 19, aconteceu no Teatro Adriana Correia Campos, em Pedro Afonso, a aula inaugural de inglês do Programa Idiomas nas Escolas, iniciativa da Secretaria Estadual de Educação, com o suporte da Diretoria Regional de Ensino, sob a regência da professora especialista em Língua Inglesa Moema Rocha.

O evento contou com a presença de funcionários públicos estaduais e alunos matriculados, além de outras pessoas da comunidade.

O diretor regional de Ensino, Neurisvaldo Amorim, saudou os participantes ressaltando a importância do curso na vida profissional e acadêmica de todos.

A aula foi focada nas unidades temáticas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) com atividades diferenciadas como jogos e karaokê, que envolveram leitura, oralidade, escrita, conhecimentos linguísticos, além da interculturalidade.

Segundo a professora Raimunda Queiroz, aluna do curso e funcionária pública há mais de 30 anos, a aula inaugural a fez renascer. “Após tantos anos de magistério me encontrei em um momento único, diferenciado e encantado que a professora Moema compartilhou conosco. Tenho certeza que também será um curso de renovação”, afirmou.

Para a defensora pública Teresa de Maria Bonfim Nunes, a aula inaugural foi bastante interessante e lúdica fazendo com que todos participassem. Ela considera o projeto louvável por oportunizar aos servidores aprender a língua inglesa. “No mundo globalizado é essencial o conhecimento dessa língua, é uma oportunidade para o servidor renovar e adquirir novos conhecimentos”.

Já o estudante Dhiorges Ferreira considerou o diferencial a aprendizagem da língua através das coisas simples do cotidiano brasileiro que as pessoas nem se dão conta e a inserção da música que deixou a aula bastante dinâmica. “Para mim a importância que o curso oferece é a capacitação para o mercado de trabalho, pois o inglês é a língua mundial e dialogar neste idioma está se tornando exigência em diversas áreas profissionais”, opinou.