Cidades

FRATUROU O FMUR

Cabelereira de Pedro Afonso faz campanha para pagar cirurgia

22/10/2019 14h33 - Atualizado em 05/11/2019 17h07

Henrique Lopes

Após passar por uma cirurgia de urgência, em um hospital particular em Palmas (TO), Eliane Pereira, 34 anos, busca agora, junto com familiares e amigos, angariar recursos para quitar a dívida deixada.

Eliene foi vítima de um acidente de moto, no dia 19 de setembro, ocorrido na fazenda São Felix, localizada a 85 km do centro de Pedro Afonso. A mulher, que trabalha como cabeleireira, estava com a irmã, quando as duas se desequilibraram, caíram e ela teve o fêmur esquerdo fraturado em três lugares.

Ao ser socorrida, a mulher foi encaminhada para o Hospital Geral de Palmas. Entretanto, devido à fila para realização da cirurgia e temendo pela vida da cabelereira, familiares a transferiram para um hospital particular onde o procedimento cirúrgico foi realizado. “Eu teria que passar quase dois meses esperando a cirurgia. Se eu tivesse esperado talvez eu tivesse morrido, pois perdi muito sangue e o médico disse que meus exames constataram plaquetas baixas e que teria que operar com urgência”, relatou Eliane em entrevista ao Portal CNN.

Para custear o procedimento operatório, no valor de R$ 11.100,00, Eliene recorreu à ajuda de amigos, que emprestaram o dinheiro da cirurgia. “Agora estamos fazendo um movimento para arrecadar esse dinheiro e pagar as pessoas que me ajudaram”, contou.

A moradora do setor Aeroporto II e mãe de dois filhos ainda se recupera do procedimento e faz acompanhamento quinzenal em Palmas. “Isso também tem um custo e por isso estou buscando ajuda”, completou.

Para arrecadar os recursos, Eliene está vendendo uma rifa de quatro prêmios: uma cesta de produtos Boticário e Natura, um vale gás, uma sanduicheira e um par de botinas. O bilhete custa R$ 5,00.

Quem quiser também podem ajudar a dona de casa por meio de transferência ou deposito bancário pela conta da Caixa Federal, Agência 4481, Operação: 013, Conta: 00010735, Titular: Eliene Pereira da Silva.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (63) 9 9246-6472.