Poltica

VALORIZAO

Antonio Andrade assume compromisso de resgatar histria do Legislativo do Tocantins

20/11/2019 16h28

O presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins, deputado Antonio Andrade (PTB), anunciou na tarde dessa terça-feira, 19, que, juntamente com os demais parlamentares, vai reinaugurar em breve o prédio pioneiro onde funcionou o Poder Legislativo do Tocantins em Palmas, resgatando sua história. O anúncio aconteceu durante a reabertura do Museu do Palacinho.

Segundo Antonio Andrade, a reabertura do Museu do Palacinho representa um momento importante de resgate da história do estado. O presidente da Assembleia Legislativa agradeceu ao ex-governador Siqueira Campos, presente ao evento, por proporcionar essa bela história, que foi a criação do Tocantins. "O senhor é muito importante para a história do nosso estado. Como filho de Porto Nacional, portanto do Tocantins, sei que o senhor, como deputado federal, passou noites acordado, sonhando e lutando pela criação do estado. Esse legado jamais será apagado por alguém", afirmou.

O deputado fez uma saudação especial ao primeiro presidente da Assembleia Legislativa e Constituinte do estado, Raimundo Boi, que também se encontrava presente. Andrade relembrou, mais uma vez, a Importância do Palacinho e da primeira sede da Assembleia Legislativa na capital para a história do Tocantins. “Para resgatar essa história, queremos realizar uma sessão legislativa na antiga sede todos os meses. Traremos de volta, o mais rápido possível, a história viva do Poder Legislativo”, disse o presidente.

O presidente da Assembleia parabenizou o governador Mauro Carlesse pelo trabalho que vem realizando em todo o estado, especialmente pela recuperação do Palacinho e pela parceria com o Poder Legislativo. Cumprimentou de forma especial os parlamentares presentes ao evento, Olyntho Neto, Jair Farias, Elenil da Penha, Leo Barbosa, Valderez Castelo Branco, Cláudia Lelis e Ivan Vaqueiro, o vice-governador Vanderley Barbosa, o ex vice-governador e ex deputado federal Darci Coelho e os integrantes do Grupo Amigos do Palacinho, que em parceria com o Governo do Estado será responsável pela gestão do museu.

Também mereceu destaque a atuação do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Wagner Praxedes, idealizador do grupo Amigos do Palacinho. Ele conseguiu reunir em torno desse projeto representantes de vários segmentos da sociedade: pioneiros de Palmas, empresários e profissionais liberais.

A programação incluiu homenagem ao ex-governador Siqueira Campos, além da primeira visitação às dependências do prédio, anexos e Capelinha, que passaram por obras de manutenção. O prédio principal também recebeu novo projeto museológico. O museu estará aberto à visitação pública a partir desta quarta-feira, 20.

O Palacinho foi o primeiro edifício construído em Palmas e a primeira sede do Poder Executivo do Governo do Tocantins. Feito em madeira de jatobá, encontra-se na região norte da Capital, próximo à Rodovia TO-050 e, por estar em uma área elevada, permite ao visitante contemplar boa parte da cidade.

Em parceria com os integrantes do Grupo Amigos do Palacinho e representantes do Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), que é responsável pela gestão do museu, ficou definida para a nova fase do projeto a expografia “O Período Palacinho 1990/91”, onde o público poderá viajar na história dos primeiros dias de Palmas.

Os visitantes irão conferir como era o Gabinete do Governador, a Vice-Governadoria, a Casa Militar, a Casa Civil, o Diário Oficial do Estado, a Secretaria de Comunicação e a Fundação Santa Rita de Cássia, criada em 1989 para formular e executar a política de promoção social do Estado, função hoje exercida pela Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas).

O museu também conta com salão de exposições com a mostra ”No Labirinto das Bandeiras”, reunindo as bandeiras de vários municípios tocantinenses e sala de exibição de vídeos. Há ainda dois anexos: a sala multiuso e a sala de leitura, além da Capela Santa Rita de Cássia.