Cidades

FICA NA HISTRIA

Pedro Afonso d adeus ex-primeira-dama Maria de Sena Martins Pedreira

21/01/2020 09h49 - Atualizado em 29/01/2020 09h47
Pedro Afonso d adeus  ex-primeira-dama Maria de Sena Martins Pedreira
Maria de Sena, Tullio e Nelzir Pedreira

Fred Alves

Foi sepultado na manhã de 21 de janeiro, no cemitério de Pedro Afonso, o corpo da professora e ex-primeira-dama do município Maria de Sena Martins Pedreira. Ela tinha 98 anos de idade, faleceu no domingo, 19 de janeiro, em Palmas (TO), em consequência de uma pneumonia, e deixa uma única filha, Marilene Martins, além de vários sobrinhos, entre eles, o também ex-prefeito Tom Belarmino e o atual vereador Pedro Belarmino.

Considerada uma das grandes mulheres de Pedro Afonso, Maria de Sena atuou ativamente ao lado do esposo Nelzir Pedreira, prefeito da cidade de 1951 a 1954, no período em que foram construídos o Colégio Cristo Rei, o Tiro de Guerra 11-004, e o Porto de Embarque e Desembarque da Igreja Matriz, no rio Tocantins.

Sobrinho neto de Maria de Sena, o empresário Tullio Belarmino publicou um texto emocionante sobre a ex-primeira-dama. Confira:

“Eis que essa noite fria de janeiro, a nuvem da despedida passou pela nossa família, em 19 de janeiro de 2020, nosso misericordioso Grande Árbitro dos Mundos levou para o Oriente Eterno minha amada TITIA MARIA DE SENA. Mas quem fora essa impoluta mulher?

Titia, tu foste para nossa família a pedra angular, o exemplo a ser seguido!!! Sim, a sua sabedoria edificou o nosso lar, a ternura e a doçura de suas sábias palavras atingiu nossos corações.

Deus lhe agraciou o matrimônio com NELZIR PEDREIRA, meu amado “Avôih’’ que a seu lado foste a Primeira Dama de nossa Amada Pedro Afonso, parafraseando o que o Historiador e Professor @fabriciorocha5714 firmou sobre vós:

“uma das grandes mulheres de nossa história. Ao lado do Prefeito Nelzir Pedreira (1951/1954), liderou um tempo onde o Colégio Cristo Rei foi construído, o Tiro de Guerra, o Porto de Embarque e Desembarque da Igreja Matriz, e até o fim da vida, foi um modelo de coragem e dignidade para todas as mulheres pedroafonsinas”.

Amada Titia, quanta alegria era chegar em sua residência e vê-la a senhora aos 97 anos de idade realizar diariamente a leitura impressa do @jornaldotocantins , lembro até hoje que com profunda tristeza me comunicaste que o seu xodó diário deixaste de ser publicado da forma impressa, deixando a senhora descoberta de informações de nosso Estado.

Amada Titia, obrigado por ter me aceitado ficar ao seu lado e de “avôih” na comemoração de vossas Bodas de ouro. Eu, tão pequeno e tão sonhador que até hoje sou, sair nesse memorável retrato.

Amada Titia, a dor e o luto encontra-se momentaneamente em nossos corações, pois tenha certeza que essa dor, tão logo se tornará em uma maravilhosa e gostosa saudade. Hoje você estará ao lado do Pai, olhando e orando por nós.

Não importa o tempo que passe, a senhora sempre será lembrada com carinho e emoção, por sua família Martins.

Tu sempre será esse ser humano incrível, essa mulher exemplar, uma pessoa humilde, benevolente e sábia. A senhora deixa um grande legado !!!

Descanse em paz amada Titia.

De seu eterno fã e sobrinho, Tullio Belarmino”.