Poltica

BOM JESUS

Edmilson rompe com oposio e se junta a Paulo Hernandes

13/03/2020 09h05 - Atualizado em 27/03/2020 14h26

Um dos políticos que pretendia disputar a eleição para prefeito de Bom Jesus do Tocantins retirou sua pré-candidatura. Membro do grupo opositor a atual gestão, o vereador Edmilson Rodrigues (PDT), que disputava a indicação de seu grupo com o enfermeiro Bruno Neves (sem partido), anunciou oficialmente o apoio à reeleição de Paulo Hernandes (PRB), a quem até pouco tempo fazia críticas.

Ele disse ter mudado de ideia após fazer análises precisas da atual situação do município. “Estamos juntos nessa caminhada, nessa mesma estrada”, declarou o parlamentar.

Um dos principais nomes da frente oposicionista no município de cerca de 5 mil habitantes, Edmilson Rodrigues leva ainda à base governista sua colega de partido, a vereadora Marta Oliveira, entre outras lideranças.

Ao justificar a mudança repentina, o parlamentar conta que estava em um grupo onde não lhe era dado reconhecimento enquanto líder de chapa. “Eu entrei como pré-candidato, mas chegamos à conclusão que onde estávamos os pré-candidatos não queriam abrir mão para apoiar ninguém. Então, avaliamos e achamos melhor fazer essa junção”, frisou ao avaliar o que seria uma imposição da candidatura de Bruno Neves.

Descomprometimento
Ao comentar a saída de Edmilson Rodrigues do grupo, Bruno Neves lamentou, mas disse ser parte do processo. “Nada mudou, seguimos firmes e fortes e agora, mais do que nunca, com o apoio da população”.

Apesar do tom amigável, o pré-candidato foi enfático ao criticar a postura do ex-líder da oposição. “A declaração de apoio do nosso ex-companheiro à base da atual prefeito só mostra o descomprometimento do mesmo com os interesses da população, uma vez que aproximadamente três semanas atrás o mesmo se referia a atual gestão de forma enfática e categórica, dizendo que era o maior regresso municipal já visto”, argumentou.

Ainda de acordo Bruno, diante de tais acontecimentos, uma onda de revolta tem surgido na população fazendo com que sua aceitação aumente. “Uma esperança em meio à escuridão”, completou.

Leia também:

Dividida, oposição tem ao menos 4 nomes em Bom Jesus do Tocantins