quarta, 19 de setembro de 2018
23º Min 40º Max
Pedro Afonso - TO

Estado

Estado

Mais de 150 trabalhadores rurais fazem manifestação no Incra e apresentam reivindicações

17/12/2012 16h43 - Atualizado em 17/12/2012 16h43

Desde o início da manhã desta segunda-feira, 17, mais de 150 trabalhadores rurais de nove municípios da região Norte do Tocantins estão acampadas à frente do Incra – Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, em Palmas.

Os acampados reivindicam uma reunião com o superintendente do órgão, Ruberval Gomes, para entrega de uma pauta com diversas reivindicações. Entre estas, vistorias com projeto de viabilidade econômica em nove fazendas dos municípios de Araguaína, Piraquê, Carmolândia, Babaçulândia, Bernardo Sayão, Santa Fé, Nova Olinda; recursos para pagamentos de benfeitorias; demarcação de áreas; recursos para ampliação e reforma de casas; cestas básicas para acampamentos e homologação de áreas.

“Nós viemos fazer essa manifestação porque direto a gente vem aqui e somos enganados com promessas. Estamos aqui e queremos ser recebidos e tratados com respeito”, ressaltou o presidente da Associação dos Moradores do Brejão, Elieze Gomes Ferreira.

O presidente da Fetaet – Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura, Romão Vanderley, também acompanha a mobilização dos trabalhadores. “Estas famílias vieram porque querem uma resposta e estão sofrendo com a falta de apoio do Incra e do Governo. Estamos aqui para dizer que apoiamos as reivindicações dos trabalhadores e intermediar as negociações com o INCRA”.

Representantes dos trabalhadores na Assembleia, Zé Roberto foi chamado para uma reunião com os manifestantes. “Vamos acompanhar o andamento desta mobilização e também o andamento da pauta de reivindicações”. Esta prevista uma reunião nesta terça-feira, 18, entre o Superintendente do Incra, Ruberval Gomes, e os acampados. (Da Assessoria)

Veja Também