Cidades

FESTEJOS

Cavalgada de Bom Jesus rene 20 comitivas de nove cidades

08/08/2015 08h05 - Atualizado em 11/08/2015 15h31

Fred Alves

Um dos mais tradicionais eventos dos Festejos do Senhor Bom Jesus foi realizado na manhã desse domingo, 2 de agosto. Segundo os organizadores, a XIV Cavalgada de Bom Jesus do Tocantins reuniu 892 cavaleiros e amazonas de 20 comitivas das cidades de Bom Jesus do Tocantins, Pedro Afonso, Tupirama, Santa Maria do Tocantins, Guaraí, Itacajá, Rio Sono, Fortaleza do Tabocão e Itapiratins.

A animação ficou a cargo dos locutores Cabral Rabelo, Neto Cavalcante e Jonas Publicidade.

A cavalgada percorreu as principais ruas e avenidas bonjesuínas e atraiu a atenção de um bom público por onde passou. Morador do município, o agricultor José de Lima acompanhou a passagem de cavaleiros e amazonas montados em cavalos, jumentos e bois, além de charretes e um carro puxado por bois, veículos e bicicletas paramentadas. “É bonito demais ver que a cultura do sertão não vai morrer tão cedo porque o povo mais novo está mantendo a tradição”, disse Lima.

Acostumado a participar de eventos rurais em outros grupos, o pecuarista Edimilson Neves, conhecido como “Riquinho”, resolveu organizar uma comitiva e a estreia foi justamente em Bom Jesus. Formada por 40 integrantes, de “mamando a caducando” como diz, a Potência Sertaneja foi escolhida a melhor comitiva e recebeu uma premiação de mil reais.

“A cavalgada é ocasião de reunir a família e amigos para se divertir. Também serve pra valorizar a cultura sertaneja”, afirmou Riquinho.

Para o presidente do Sindicato Rural de Guaraí, Raimundo Pessoa, que trouxe um grupo de 18 pessoas para cavalgar em Bom Jesus, o evento do município já se consolidou como um dos mais importantes da região Centro-Norte do Tocantins.

Já a prefeita de Bom Jesus, Rosângela Barbosa Bezerra, enfatizou que a realização dos Festejos de Bom Jesus do Tocantins valoriza a religiosidade e a cultura do município, além de contribuir para movimentar a economia local. “É nosso dever fomentar eventos que tragam entretenimento e valorizem a fé de nossa comunidade”, pontuou a gestora.

Homenagem
Antes da saída dos integrantes da cavalgada foi feita uma homenagem para Mônica Alves Campos, 20 anos. A jovem integrava a Comitiva 100 Limite, desde os 14 anos de idade, e faleceu no último dia 19 de julho, vítima de traumatismo craniano. Mônica foi hospitalizada depois de cair de um cavalo durante a cavalgada realizada no dia 18 de julho, na programação do aniversário de 168 anos de Pedro Afonso.

O locutor Cabral Rabelo leu um texto, que emocionou os presentes, feito por amigos de Mônica que fala da paixão que a jovem tinha por cavalgadas.

Premiação para os vencedores
Ao final XIV Cavalgada de Bom Jesus foram premiados os vencedores. Além disso, foram entregue brindes surpresas como cela, arreio completo, laços, botas, botinas, entre outros, e servido um almoço acompanhado de show ao vivo para os participantes. Cada comitiva também recebeu uma lembrança.

Confira o resultado:
Melhor Comitiva

1º lugar: Potência Sertaneja (Bom Jesus do Tocantins/Pedro Afonso) – R$ 1.000,00
2º lugar: Sem Limite (Itapiratins) – R$ 500,00
3º lugar: Grupo Fortaleza (Santa Maria do Tocantins) – R$ 300,00

Maior número de animais
1º lugar: Boiada 7 Ouro (Bom Jesus do Tocantins) com 156 animais – R$ 300,00
2º lugar: Trumbica (Bom Jesus do Tocantins) com 86 animais – R$ 100,00

Clique AQUI e confira as fotos do evento.