Poltica

SANTA MARIA DO TOCANTINS

Barrachini diz que dados de computadores foram apagados e frota est sucateada

05/01/2017 17h00 - Atualizado em 05/01/2017 17h10

Francisco Pimentel

No encerramento da série de entrevistas promovida pela Rádio Vale do Tocantins FM, de Pedro Afonso, e pelo Centro-Norte Notícias/Portal CNN, o prefeito de Santa Maria do Tocantins, Itamar Barrachini (Solidariedade), falou das condições da prefeitura do município e dos problemas enfrentados neste início de gestão.

Ele foi entrevistado no início da tarde desta quinta-feira, 5, pelo jornalista Fred Alves, Centro-Norte Notícias/Portal CNN, e o radialista Eferson Coutinho, da Rádio Vale FM.

Por quase 40 minutos, Barrachini, que assumiu o cargo no último dia 1º de janeiro em lugar de Helen Ruth (PMDB), afirmou que foi surpreendido com o fato de todas as informações financeiras dos computadores da Prefeitura de Santa Maria do Tocantins terem sido apagados pela antiga gestão.

Ele citou as condições da única escola municipal que não tem ar condicionado e nem forros nas salas, onde apenas 20% dos ventiladores funcionam. Além disso, apenas um dos sete ônibus que fazem o transporte escolar dos alunos da zona rural para a cidade está funcionando, e o município também não tem nenhum veículo para atender suas necessidades. Já um caminhão do PAC II está sem dois pneus e a patrol com vidros os quebrados.

Sobre a precariedade da escola e da frota municipal, o prefeito afirmou que será providenciada a reforma da escola e a manutenção dos ônibus para que estejam prontos quando começarem as aulas. Outras medidas que pretende implementar são a reabertura da creche que funcionava em regime de comodato e tem capacidade para atender até 140 crianças; e construir e reformar pontes, e recuperar as estradas vicinais para facilitar o escoamento da produção agropecuária.

Barrachini ainda relatou que está sendo feita a limpeza emergencial das ruas da cidade, pois o recolhimento do lixo já não era feito há vários dias.

O prefeito de Santa Maria do Tocantins afirmou que será elaborado um relatório detalhado apontando todos os problemas encontrados pela atual gestão. As informações serão encaminhadas ao Ministério Público Estadual e ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) para que sejam tomadas providências para identificar e punir os responsáveis pelos dados causados ao erário público.

Ainda durante a entrevista, Barrachini comentou que a experiência de dois mandatos como vereador, sendo que no último de 2013 a 2016 teve a oportunidade de presidir a Câmara Municipal, contribuirá para que faça uma boa administração no município.

“Minha mãe sempre ensinou que o que fica é o nome da pessoa. Vou administrar com honestidade e transparência para a comunidade ter mais qualidade de vida. Vamos tratar as pessoas de igual pra igual. Quando terminar meu mandato, quero deixar tudo organizado, não vou apagar dados de computadores”, afirmou.