Economia

MODERNIZAO

Sebrae TO ir priorizar pequenos municpios em 2020

12/11/2019 08h45

A modernização da instituição e o projeto arquitetônico para a construção da nova sede do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae (CDE) foram apresentados durante uma entrevista coletiva, nesta segunda-feira, 11. Eduardo Diogo, diretor de administração e Finanças do Sebrae Nacional, participou de reunião extraordinária do CDE para alinhar ações e levar as pautas locais para o Sebrae Nacional. O Tocantins é o oitavo estado a receber a visita do diretor nacional.

O diretor explicou os principais desafios que a instituição tem como meta em todo o país. “O propósito do Sebrae é ser a força do empreendedor brasileiro, seja na abertura de empresas, seja no incentivo à inovação. Queremos ser o Sebrae que o Brasil precisa e estar cada vez mais em sintonia com tudo que a sociedade brasileira espera da instituição. Por isso temos feito essas visitas por todo o país para ouvir e dialogar com os dirigentes locais e os colaboradores da instituição. Temos três grandes desafios nos próximos anos que passam pela transformação digital, pela produtividade e pela capacitação”, destacou Eduardo Diogo.

Sobre as 22 deliberações que estão no Plano Plurianual do Sebrae, o diretor nacional destacou a criação de uma Central de Serviços Compartilhados para aproveitar os 37 mil profissionais que atendem a Instituição de forma direta ou indireta e a criação do Instituto de Pesquisa Sebrae Data.

“O orçamento do Sebrae Tocantins em 2019 foi de R$ 63 milhões e deverá aumentar cerca de 10% em 2020, chegando a R$ 71 milhões. Queremos alavancar o segmento de políticas públicas para os donos de pequenos negócios que não tem acesso a capacitações e consultorias em gestão. O foco do nosso atendimento será de priorizar os municípios do Tocantins que estão mais afastados dos grandes centros e que tanto precisam do apoio do Sebrae", explicou o superintendente do Sebrae-TO, Moisés Gomes.

Além do diretor de administração e finanças do Sebrae-NA, Eduardo Diogo, participaram da reunião o presidente da Associação Brasileira dos Sebrae/Estaduais – ABASE, Cláudio George; o presidente do CDE, Rogério Ramos; a diretora técnica do Sebrae, Eliana Castro; o diretor de administração e finanças do Sebrae-TO. Jarbas Meurer, imprensa e membros do Conselho Deliberativo.

Nova sede

Com 470 m², a nova sede será construída na região Sul de Palmas. O projeto aplicou os conceitos de fusão da cultura tocantinense em um único espaço com destaque a sustentabilidade. A arquitetura bioclimática será priorizada desde o emprego dos materiais até a composição de espaços como a "Praça do Empreendedor". Com orçamento de R$ 2,8 milhões, a previsão é de que a obra inicie após a licitação da empresa construtora na próxima semana.

"Nosso conselho terá sede própria e nosso atendimento ganhará mais espaço, com energia fotovoltáica, aproveitamento da água da chuva, construção em estrutura metálica e painéis em placas de gesso", destacou o presidente do CDE, Rogério Ramos. (Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins).