Poltica

120 MIL PESSOAS

ndice de pobreza no Tocantins chama a ateno de parlamentares

14/11/2019 13h19

Elpídio Lopes

O deputado Elenil da Penha (MDB) repercutiu na tribuna da Assembleia Legislativa na manhã da quarta-feira, 13, o índice de pobreza no Tocantins, divulgado no início de novembro pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e Síntese de Indicadores Sociais (SIS), dando conta de que 120 mil pessoas no Estado estão abaixo da linha da pobreza.

Em seu discurso, conclamou governo, parlamentares e empresários a criarem condições a fim de reverter a realidade verificada no Estado. De acordo com Elenil, é necessária a criação de programas sociais e a formação de mão-de-obra que cuide e prepare ao mercado de trabalho, dando condições de sobrevivência.

“Não estamos conseguindo acolher as pessoas vítimas de pobreza, que chegam muitas vezes a casa e não têm nada para comer. Combatemos a pobreza, ou correremos o risco de chegar a uma convulsão social. Foi por motivo da miséria que países como França e Rússia chegaram à guerra civil”, alertou Elenil.

Segundo o parlamentar, a miséria causa desespero e depressão, além de deficiências físicas e intelectuais. A pobreza, por sua vez, é surgida pela falta de cuidado ao próximo, má distribuição de renda e gestões públicas ineficientes.

Da tribuna, o deputado Zé Roberto (PT) assinalou um agravamento da miséria desde 2015, período no qual, segundo ele, tem se percebido realidade diferente entre os mais ricos, que vêm aumentando seus patrimônios nos últimos anos.

Cidades aniversariantes
Os deputados Delegado Rérisson (DC) e Valderez Castelo Branco (PP) fizeram pronunciamentos e parabenizaram a cidade de Araguaína pelos 61 anos, a serem completados nesta quinta-feira, dia 14.

Líder do Governo, o deputado Gleydson Nato (PHS) congratulou Gurupi por também aniversariar e completar 61 anos de emancipação no dia de amanhã. Ele ainda parabenizou os municípios de Araguaçu, Dueré e Brejinho de Nazaré, que também aniversariam em 14 de novembro.