Poltica

BAIXOU O NVEL

Discusso entre os vereadores Mirleyson Soares e Breno Alves termina em briga

11/03/2020 12h12 - Atualizado em 12/03/2020 17h50

Da Redação

Uma troca de acusações entre vereadores de Pedro Afonso terminou em pancadaria durante a sessão da noite desta terça-feira, 10 de março. O plenário da Câmara Municipal foi palco de cenas lamentáveis protagonizadas pelo presidente da Casa de Leis, Mirleyson Soares, e o vereador Breno Alves, ambos integrantes do PRTB.
A reportagem do Portal CNN apurou que o desentendimento entre os parlamentares é recorrente, e dessa veza ocorreu após Breno Alves utilizar a tribuna para falar sobre possíveis irregularidades na gestão do Legislativo pedroafonsino, o que teria irritado Mirleyson Soares.

Em entrevista, Breno Alves, que já registrou um boletim de ocorrência alegando agressão por parte do colega de bancada, disse ter sido surpreendido pela atitude do presidente ao questionar a transparência dos dados da Câmara Municipal e citar o pedido de investigação das contas dos ex-presidentes e da atual mesa diretora.

“Em certo momento da situação, onde frisei que tenho provas de irregularidades dentro da Câmara, ele me chamou de moleque e eu revidei com o mesmo xingamento. Foi a hora que ele levantou e veio até mim para me agredir, me desferiu um soco e eu revidei com outro soco”, relatou Breno Alves ao dizer que revidar foi um ato natural de quem busca se defender.

Breno Alves ainda questionou a postura do presidente. “Ele que partiu para agressão, eu apenas me defendi. Não aguentou a verdade dos erros que estão sendo cometidos dentro da Câmara e usou uma palavra de baixo calão comigo”, completou.

Clima tenso
Com trocas de farpas desde as eleições para a presidência da mesa diretora, em dezembro de 2019, os dois vereadores têm trocado acusações, que já chegaram a respingar em outros parlamentares como Pedro Belarmino, Sipriano Soares e Meneses, últimos presidentes da Casa de Leis.

Em dezembro, Breno Alves protocolou denúncia junto ao Ministério Público Estadual e apresentou decisão liminar judicial, expedida pela juíza Luciana Costa Aglantzakis, que determinava a disponibilização de cópias dos balancetes e prestações de contas das gestões da Câmara Legislativa.

Desde então, o clima tem sido arisco entre Breno e os demais colegas de bancada.

Sem comentários
Procurados pelo Portal Centro-Norte Notícias, os demais vereadores preferiram não se manifestar oficialmente sobre o ocorrido. Em conversas reservadas lamentaram o ocorrido. “Falta de decoro, de ética e de preocupação com a população. Uma cena lastimável para o Poder Legislativo”, frisou um vereador que preferiu não de identificar.

“Algo bastante triste ter um momento como esse dentro da Câmara, total desrespeito”, completou outro que também resguardou a identidade.

Até o momento nem a Assessoria de Comunicação da Câmara Legislativa de Pedro Afonso, nem o vereador Mirleyson Soares, presidente da mesa diretora, se manifestaram sobre o assunto.
O espaço segue aberto para eventuais manifestações.