Poltica

REFORO NO SALRIO

Salrios do prefeito, vice, secretrios e vereadores so reajustados em Centenrio

02/07/2020 09h54 - Atualizado em 16/07/2020 15h34

Henrique Lopes

Em meio à crise mundial de saúde e econômica provocada pelo novo Coronavírus, a Câmara Municipal de Centenário aprovou, no início de julho, aumento salarial para o prefeito, vice-prefeito, secretários e dos próprios vereadores.

A votação, ocorrida na terça-feira, 30 de junho, em sessão extraordinária, dividiu os parlamentares sobre as propostas que preveem revisão salarial de prefeito de R$ 11 mil para R$ 13 mil, e de vice-prefeito de R$ 5.500,00 para R$ 6.500,00. Secretários municipais também são beneficiados com a medida, que reajusta o salário de R$ 3.800,00 para R$ 4.500,00.

Também foi aprovado o projeto de resolução nº 02/2020 que aumenta os salários dos vereadores de R$ 2.800,00 para R$ 3.370,00, enquanto o presidente da Casa de Leis será remunerado com o valor de R$ 5.055,00.

Os projetos, aprovados por quatro votos a três, têm validade entre janeiro de 2021 e dezembro de 2024. Segundo a justificativa apresentada pela mesa diretora do Casa de Leis, o reajuste faz referência à inflação dos últimos anos.

Foram a favor dos aumentos os vereadores Erlei dos Santos Santana (PTB), Maurício Soares da Silva (PROS), Manoel Galvão e Adilton de Sousa Gomes, ambos do Democratas. Já os parlamentares Chirley Roseno Batista (PSD), Sebastião Araújo Coelho (DEM) e Advonildo Campos Lopes (Pros) rejeitaram a proposta.

Segundo Advonildo Campos, conhecido como Dvan, o posicionamento contrário aos reajustes foi motivado por considerar que os atuais salários estão de acordo com atribuição de cada cargo e com a realidade do município. “Não considero o melhor momento para aumento de salários dos cargos políticos. Os servidores do município estão com salário defasado. Não houve reajuste para os servidores do Quadro Geral, desse modo, não acho justo o reajuste dos cargos políticos, embora também faça parte dessa categoria”, afirmou o parlamentar.

Presidente da Câmara de Centenário justifica aumento de salários do prefeito, vice, vereadores e secretários