Cidades

QUESTIONAMENTO

Diretora-geral diz que hospital de Pedro Afonso no recebe pacientes com Covid-19 de outras regionais

17/06/2020 09h10 - Atualizado em 24/06/2020 18h41

Gabriel Dias

Após vários relatos que o Hospital Regional de Pedro Afonso passou a receber pacientes infectados com a Covid-19 de outros municípios que também possuem hospitais regionais, a reportagem do Portal CNN procurou a diretora-geral da unidade, Azenath Correia Rodrigues Soares. Questionada, ela garantiu que não há nenhum paciente internado com a doença na unidade hospitalar, muito menos de outras cidades.

“Não existe essa história que vai vir paciente de Araguaína ou de Guaraí. Em todo o Estado são 18 hospitais e funcionamos como uma rede. Um ajuda outro, mas isso depende da necessidade. Também não existe essa história de trazer paciente com Covid-19, até porque somos um hospital porte 1, ou seja, de um porte menor. A gente não tem estrutura para receber pacientes em estado grave. Na verdade, a gente faz é transferir os pacientes que precisam de cuidados mais específicos para outras unidades de porte maior. Então não existe essa história que virá paciente com Covid-19 para Pedro Afonso”, pontuou antes de completar que, atualmente, a unidade não tem nenhuma pessoa internada por conta da doença.

Questionada sobre as mudanças estruturais que estão ocorrendo na unidade, a diretora afirmou que tudo tem sido feito para se adequar as medidas de proteção contra o coronavírus. “O que estamos fazendo é um redimensionamento na área de pacientes com a Covid-19. Inclusive tivemos a visita da defensora pública Teresa de Maria e mostramos tudo que tem sido feito na unidade em relação aos possíveis casos de internação por conta da doença. Vamos tirar a porta de entrada do hospital, por onde entra todo tipo de procedimento, inclusive Covid-19. Então a gente achou por bem, para não ter contato entre pacientes clínicos e paciente com Covid-19, fazer uma nova abertura de porta no hospital. Estamos reorganizando a questão do Covid-19 e melhorando nossas instalações.”, comentou.

A diretora ainda informou que atualmente o Hospital Regional de Pedro Afonso tem um ventilador mecânico e dois respiradores que estão acoplados no carrinho de anestesia. Segundo ela, os ventiladores funcionam apenas como suporte e não tem a mesma eficácia que os respiradores. Azenath Correia também diz que a unidade atende sete municípios com população de cerca de 30 mil pessoas.