Poltica

ELEIES 2020

Com 80 candidatos, Cmara de Pedro Afonso ter pelo menos 33% de renovao

06/10/2020 07h05 - Atualizado em 12/10/2020 14h14

Gabriel Dias

O portal Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais (CLIQUE AQUI E CONFIRA), ferramenta desenvolvida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) responsável pela divulgação das candidaturas registradas em todo o Brasil para as Eleições Municipais de 2020, aponta que 80 candidatos irão disputar as nove cadeiras da Câmara Municipal de Pedro Afonso.

Na disputa estão: 9 candidatos pelo Democratas (DEM), 10 pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), 12 pelo Cidadania, 12 pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), 6 pelo Partido do Trabalhadores (PT), 12 pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), 10 pelo Solidariedade e 9 pelo Movimento Democrático Brasileiro.

O parlamento de Pedro Afonso terá pelo menos 33,33% de renovação, pois, dos nove parlamentares que compõem a atual legislatura, seis irão disputar a reeleição: Breno Alves (PDT), Gislayson Lacerda (PDT), Joilson Boca Petra (Solidariedade), Lili (PDT), Mirleyson Soares (PDT) e Sipriano Soares (Solidariedade).

Os outros três vereadores estão na disputa do Executivo municipal. Pedro Belarmino (PTB) é candidato a prefeito da coligação “Pedro Afonso Para Todos”, que tem Gordo do Lava Jato (DEM) como candidato a vice. Luis Meneses (PDT) também entrou na disputa da majoritária, como candidato a vice-prefeito na coligação “Pedro Afonso Não Pode Parar”, que tem Joaquinzinho (PDT) como cabeça de chapa

Patrimônio
Dos 80 candidatos que solicitaram registros de candidaturas, são 27 mulheres na disputa por uma vaga na Câmara Municipal, entre elas, Lili Benício (PDT) que foi eleita pela primeira vez em 2012. Entre as candidatas, ela é a que aparece com o maior patrimônio declarado. Segundo a plataforma do TSE, são R$ 420 mil- Imóvel residencial (R$ 120 mil) e uma Propriedade Rural (300 mil). Os bens são os mesmos informados nas eleições anteriores. 

O segundo maior patrimônio declarado entre as candidatas mulheres é de Tânia Fernandes (MDB). São R$ 214 mil – Residência (R$ 190 mil) e um carro (R$ 24 mil). Das 27 candidatas, 14 não declaram bens.

De acordo com a plataforma, entre homens e mulheres, são 31 candidatos a vereador que não declaram ter algum tipo de patrimônio. Entre os candidatos homens, o maior patrimônio declarado é de Edivaldo Reis. São R$ 911 mil. Entre os atuais vereadores e que vão concorrer à reeleição, Breno Alves declarou R$ 107 mil; Girlayson Lacerda R$ 6 mil; Lili R$ 420 mil; Joilson Boca Preta R$ 30 mil; Mirleyson Soares R$ 10 mil, e Sipriano Soares R$ 126 mil.