Cidades

LUTO EM PEDRO AFONSO

Ficamos rfos: Sentimento de pesar por Manuel Messias Tavares

02/11/2020 10h59 - Atualizado em 11/11/2020 11h18

Odina Maranhão Sá de Andrade
Professora e ex-primeira-dama de Pedro Afonso

Dr. Manuel Messias Tavares, Senhor Messias Tavares, Professor Messias e muitos outros títulos, antecedendo seu nome formam uma lista incrível a que se faz jus, tão grande o legado de conhecimento e cultura, que o acompanhou em toda a sua vida. Ironia do destino ou providência divina, “nosso Messias” nasce justamente em 1922, “Ano da Semana de Arte Moderna no Brasil”, e traz consigo um celeiro abarrotado na arte das letras.

Ficamos órfãos! Pedro Afonso, a Academia Tocantinense de Letras, Goiânia, Goiás, Tocantins e porque não o Brasil? País que Sr. Messias representou por três vezes no exterior!? Sempre em destaque e com muita simplicidade, por capacidade, amor ao conhecimento e exercício de sua cidadania.

1º de novembro, Dia de Todos os Santos no calendário católico, vindo a calhar com o homem de fé inabalável que Sr. Messias foi. Devoto incondicional de São Pedro. Cada vez que soar o sino da Matriz, ele se fará presente em nossas mentes. Com seu estilo ingênuo, desligado, aparentemente, deixou suas marcas registradas por onde passou. A Rua Barão do Rio Branco e seus moradores, que o digam. Quase um século de domicilio, 98 anos, considerando-se do nascimento mesmo na Fazenda Cachoeira.

Não poderia calar-me, embora demorando acreditar na verdade da notícia, pois “seu” Messias para mim sempre foi daquelas pessoas que jamais poderiam partir!

Um grande amigo. Passávamos horas, a conversar tão somente sobre Pedro Afonso, parece-me sua paixão maior. Aliás, a ouvir, anotar, perguntar, seus relatos históricos, detalhes de fatos, datas, nomes, lugares... uma memória invejável! Nossa enciclopédia local se foi, porém, suas obras e relatos serão eternizados em nossa memória e no Instituto Manuel Messias.

Em um dos seus discursos, imortalizando Dante, poeta italiano, onde homenageia a tão conhecida professora D. Beatriz Silva, de Tocantínia, diz que:

O Amor que move o sol
E os outros astros
.”

Ele foi para perto deles movido tão somente pelo Amor!

Que Deus o receba no mais alto dos céus e que sua família seja confortada no Amor de Deus!

Leita também:

Trajetória em Pedro Afonso: Messias Tavares parte aos 97 anos