Cidades

DESENVOVIMENTO REGIONAL

Mobilizao pela concluso da BR-235 no territrio tocantinense se fortalece

18/11/2020 08h16 - Atualizado em 25/11/2020 09h58

O sonho da conclusão das obras da BR-235, também conhecida na região centro-norte do Tocantins como “Estrada da CBPO” – em alusão à empresa que executou serviços na rodovia federal – vem ganhando força através da mobilização de lideranças locais de diversos municípios tocantinenses, agropecuaristas, além de representantes políticos em Brasília (DF).

Paralisada há mais de 30 anos, a conclusão do trecho de 80 km que interliga os municípios de Pedro Afonso (TO) a Alto Parnaíba (MA), recebeu atenção do presidente da República, Jair Bolsonaro, Recentemente, ele destacou em vídeo nas redes sociais no qual está acompanhado do líder de Governo no Congresso Nacional, Eduardo Gomes (MDB/TO), as iniciativas para sua conclusão e a importância da rodovia, principalmente para o escoamento da produção agropecuária do norte do país. O próximo passo é a liberação de uma emenda de bancada para viabilizar os recursos financeiros necessários para a execução dos projetos.

Portal do MATOPIBA

A grande visibilidade dada à rodovia nos últimos meses tem sido fruto do desempenho de diferentes segmentos da sociedade, incluindo produtores rurais da Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Coapa), entidade com cerca de 300 associados de 15 municípios, que integram o “Movimento Pro-BR-235”. Os cooperados acreditam que a conclusão da obra contribuirá na melhoria da logística para o escoamento da produção de vários municípios tocantinenses.

“São 1.800 quilômetros de estradas em uma integração nacional entre sete estados. No momento, esta é a rodovia mais importante para o estado do Tocantins e para o MATOPIBA. Hoje, por mais que não tenhamos um papel ainda, há tratativas reais sobre a execução da obra, o que nos deixa otimistas”, afirmou o agricultor e membro do Conselho de Administração da Coapa José Edgar de Castro Andrade.

A luta pela construção da BR-235 é antiga e tem mobilizado pessoas por todos os estados, como relatou um dos fundadores do “Movimento Pró BR-235”, Ricardo Neves. “A importância das ações que estamos realizando, principalmente com confecção e distribuição de adesivos, é sensibilizar a sociedade em geral para a importância da conclusão da BR-235. Essa ação permite que possamos está sempre em evidência mostrando os grandes benefícios que a rodovia vai proporcionar a região”, disse o administrador de empresas ao ressaltar a participação ativa do segmento cooperativista e de outros setores nesta luta regional.

Já o produtor rural Leandro Basso acredita que a conclusão da BR-235 é uma pauta prioritária na região, sobretudo pela sua relevância para o MATOPIBA. “Todos vêm aderindo ao movimento, inclusive moradores, empresários, comerciantes, políticos e os produtores da região. É um movimento que foi adiante, no Maranhão, Piauí e aqui no Tocantins, e conseguimos chegar ao ministro dos Transportes e no presidente Bolsonaro”, relatou com otimismo o cooperado, que junto com a família cultiva grãos e cria bovinos em Bom Jesus do Tocantins, Santa Maria do Tocantins e Centenário.

Presidente da Coapa, Ricardo Khouri avaliou que o momento é de união, esperança e bastante trabalho. “Temos um trabalho que vem se fortalecendo em toda a nossa região e também em outros estados, a luta pela conclusão desta obra que é tão importante para todo o nosso país e, principalmente para o estado do Tocantins e para Pedro Afonso. Seremos aqui o portal do MATOPIBA, isso trará uma nova realidade à nossa cidade e o desenvolvimento de toda a região. A Coapa é parceria e apoia a mobilização em prol da conclusão da BR-235. Se Deus quiser essa obra vai sair do papel e se tornar realidade!”, ressaltou Khouri, citando que cooperados, colaboradores e parceiros da cooperativa podem retirar adesivos alusivos ao movimento na recepção da sede da cooperativa em Pedro Afonso.

O caminho da integração
Um dos principais eixos de ligação entre as regiões Norte, Nordeste e central do Brasil, a BR-235 será o elo de integração entre os estados, sendo primordial para o escoamento de produção, por ter ligação direta com a Ferrovia Norte-Sul e a Hidrovia Tocantins, contribuindo com o crescimento da produção agropecuária dos estados do Tocantins, do Maranhão e do Pará.

A BR-235 tem quase 1.800 quilômetros de extensão, vindo do leste brasileiro da capital Aracajú (SE) ao encontro no oeste do Campo de Provas Brigadeiro Veloso, em Novo Progresso (PA). Perpassa os estados de Sergipe, Bahia, Pernambuco, Piauí, Maranhão, Tocantins e Pará. Em solo tocantinense, percorre os territórios dos municípios de Araguacema, Bom Jesus do Tocantins, Centenário, Colméia, Tabocão, Goianorte, Guaraí, Lizarda, Pedro Afonso, Santa Maria do Tocantins e Tupirama.
No que se refere às obras, a BR-235 já encontra-se praticamente conclusa nos territórios dos estados de Sergipe, Bahia e Pernambuco, e em solo piauiense vem sendo trabalhada. No Maranhão, a rodovia federal ainda não está pavimentada, e no Tocantins, o asfalto existe entre Pedro Afonso e o entroncamento da BR-153, num trecho de aproximadamente 50 quilômetros.