Economia

AGRONEGCIO

Coapa recepciona primeiras cargas de soja e pretende atingir 150 mil toneladas na Safra 2020/2021

20/01/2021 19h06 - Atualizado em 27/01/2021 12h13

Até o final da manhã da quarta-feira, 20 de janeiro, a Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Coapa) já havia recepcionado 71.154 toneladas de soja da Safra 2020/2021. Os grãos foram cultivados pelo cooperado Luciano Calegaro Nussio, na Fazendo 8, município de Pedro Afonso.

As cargas foram entregues na Unidade de Armazenagem II – que pode armazenar até 16 mil toneladas – localizada na TO-010, em Pedro Afonso. Essa estrutura, assim como a Unidade I, a maior da cooperativa e com capacidade estática de 60 mil toneladas, passaram, recentemente, por manutenções preventivas e corretivas. Essas atividades são realizadas anualmente no período que antecede o início da safra.

Neste ano, um total de 96 profissionais, sendo 36 fixos e 60 safristas, irão se revezar nas atividades de recepção, secagem e armazenamento.

Metas
Gerente-geral da Coapa, Nelzivan Carvalho Neves afirmou que a expectativa é que o recebimento dos grãos seja positivo e alcance as metas estipuladas pela direção da cooperativa: receber 150 mil toneladas de soja e 70 mil toneladas de milho. Já a quantidade de sorgo dependerá dos investimentos dos agricultores associados.

Ainda conforme o executivo, o “pico” do recebimento da oleaginosa deve ocorrer da segunda quinzena de fevereiro até o final do próximo mês de março.

“Nossas equipes das Unidades Operacional e Comercial, com suporte das demais unidades, estão preparadas para prestar os melhores serviços de armazenagem aos nossos cooperados”, assegurou Nelzivan.

Expectativa
Primeiro cooperado a colher soja da Safra 2020/2021, Luciano Calegaro Nussio cultivou 484 hectares, 10 hectares a mais que no ano passado. Deste total, uma área de 200 hectares é irrigada por pivôs, onde foi produzida a soja precoce que começou a ser colhida e entregue nos armazéns da Coapa, nesta semana.

Com a experiência de quem cultiva sua 25ª safra de grãos seguida na região, o produtor rural está otimista em relação aos resultados da lavoura. “A expectativa para a safra é boa, tanto de produtividade como de preço”, disse.

Neste ano agrícola, segundo levantamento da Unidade Comercial da Coapa, 163 cooperados irão cultivar uma área de 64.100 hectares em 16 municípios. Na Safra 2019/2020, 150 agricultores semearam 58.435 hectares em 13 municípios.